(1) 2 3 4 ... 87 »
Textos deste autor
Offline
Azke
"sobre o ar que te venera,"
"Fora de casa sois pinturas; nos quartos, sinos; santas, quando ofendeis; demônios puros,...
Enviado por Azke
em 28/04/2017 03:01:25
Textos deste autor
Offline
joao20
Puto Inquestionável
A torcida espera muito deste pequeno marginal Fico com dúvidas se vou chegar à parada terminal A ...
Enviado por joao20
em 27/04/2017 16:12:50
Textos deste autor
Offline
Azke
"intromissão,"
"Trabalha, meu veneno! Trabalha!" (Otelo) Ato IV - Cena I: Iago ela cob...
Enviado por Azke
em 26/04/2017 02:19:40
Textos deste autor
Offline
Betha Mendonça
Depois
Depois por Betha Mendonça depois dela e dele não há depois silencio de morte cala aos ouvido...
Enviado por Betha Mendonça
em 21/04/2017 04:11:48
Textos deste autor
Offline
AteopPensador
Vazio
Me perguntaram como estou agora Acabei por não dar uma resposta Afinal não a tenho faz tempo O vi...
Enviado por AteopPensador
em 20/04/2017 01:31:28
Textos deste autor
Offline
Legan
Obscuros olhos
Obscuros olhos, errantes Procuram no vazio, o vazio Das almas carentes Que vagueiam como um rio...
Enviado por Legan
em 16/04/2017 21:07:29
Textos deste autor
Offline
Azke
"..e voltar,"
"Nossos corpos são nossos jardins, cujos jardineiros são nossas vontades." (Otelo) ...
Enviado por Azke
em 14/04/2017 00:53:28
Textos deste autor
Offline
Chou
Enviado por Chou
em 13/04/2017 15:54:03
Textos deste autor
Offline
Azke
"habitat,"
"Com estas flores pensava, doce donzela , adornar teu leito nupcial e não espalhá-l...
Enviado por Azke
em 01/04/2017 03:15:38
Textos deste autor
Offline
Azke
"desvio de atenção,"
"Nossos corpos são nossos jardins, cujos jardineiros são nossas vontades." (Otelo) ...
Enviado por Azke
em 23/03/2017 02:37:35
Textos deste autor
Offline
Azke
"devolução,"
"(...)queima-me. à combustão em lisura dos olhos dos corpos em fileiras nuas e aos son...
Enviado por Azke
em 20/03/2017 02:26:15
Textos deste autor
Offline
Azke
"condição,"
"Fora de casa sois pinturas; nos quartos, sinos; santas, quando ofendeis; demônios puros, ...
Enviado por Azke
em 18/03/2017 01:50:59
Textos deste autor
Offline
Azke
"just like you.."
"(...)o coração em dois me partes. Jogai fora a metade que não presta, para com a outra p...
Enviado por Azke
em 14/03/2017 03:11:26
Textos deste autor
Offline
Azke
"conjunto vazio,"
"Mas que pode fazer com quem não sabe arrepender-se?" (Hamlet) Ato III Cena...
Enviado por Azke
em 11/03/2017 03:17:08
Textos deste autor
Offline
joao20
Parceria sádica
Hoje fui visitar a solidão Já tinha saudade Daquela imensa escuridão São muitos anos de amizade...
Enviado por joao20
em 06/03/2017 01:30:29
Textos deste autor
Offline
Azke
"enleio de ofertas e insinuações,"
"(...)o coração em dois me partes. Jogai fora a metade que não presta, para com a outra pa...
Enviado por Azke
em 02/03/2017 00:29:01
Textos deste autor
Offline
João Marino Delize
Descida
Descida Entrei embalado em uma descida Quase sem freio perdi a estrada Acabei estatelado em um...
Enviado por João Marino Delize
em 27/02/2017 14:51:10
Textos deste autor
Offline
Azke
"conflito de razão obscena.."
"(...)o coração em dois me partes. Jogai fora a metade que não presta, para com a outra pa...
Enviado por Azke
em 25/02/2017 04:25:27
Textos deste autor
Offline
Azke
"Fora de ordem,"
"Colocai-a na terra e que de sua bela e imaculada carne brotem perfumadas violetas!" ...
Enviado por Azke
em 25/02/2017 04:12:34
Textos deste autor
Offline
Azke
"de mesmas partes iguais,"
"O que não tem remédio remediado está." (Otelo) Ato I - Cena III ela não...
Enviado por Azke
em 23/02/2017 02:17:10
(1) 2 3 4 ... 87 »