https://www.poetris.com/
Poemas -> Tristeza : 

MUDANÇAS

 
Tags:  poema  
 
MUDANÇAS
 
MUDANÇAS
(Jairo Nunes Bezerra)

A tristeza angustiosa baila à minha volta,
De mim afasta a habitual alegria...
Eis do momento a minha revolta,
Que prolifica a minha apatia!

O céu se apesenta mais enegrecido,
Embora nuvens brancas flutuem...
Do tempo fico de repente esquecido,
Enquanto o vento solitário urge!

O inverno se apresenta longo e cativante,
Enquanto continuo molhado andante,
Seguindo com meus passos lentos!

Nada mais a mim importa,
No meu apartamento entro e fecho a porta,
Antes da aproximação de mais ventos!


 
Autor
Jairo Nunes Bezerra
 
Texto
Data
Leituras
182
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.