https://www.poetris.com/
Poemas -> Dedicatória : 

ÀGUA SALTITANTE

 
Tags:  poema  
 
ÀGUA SALTITANTE
 
ÁGUA SALTITANTE
(Jairo Nunes Bezerra)

Chove copiosamente na minha proximidade,
E o desejo de ter-te aumenta a toda hora...
E com o tempo vai-se a minha equidade,
Enquanto o vento baila lentamente lá fora!

E a tristeza sempre ampliada pela tua ausência,
Que transita pelo espaço enegrecido...
E reservada deixa a sua incongruência,
Num gesto atuante e repetitivo!

E predomina a necessidade de tua aproximação,
Crescente pela atual amplidão,
Num mar crescente de desejos!

E as nuvens azuladas,
Mais se aproximam das águas navegadas,
Que se aproveitam todos os ensejos!

 
Autor
Jairo Nunes Bezerra
 
Texto
Data
Leituras
113
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.