https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Desilusão : 

Da minha janela

 
Olho com grande tristeza há alguns dias
Por entre a janela onde outrora
Eu buscava você com os olhos, noite afora
E você, sempre receosa, aparecia.

No quarto sem luz, eu vejo agora
Tudo que imaginava em minha fantasia
E quando penso, em silêncio, minha alma chora
Por estar, outra vez, numa sala vazia.

E por que foi que você mudou tanto?
Por que olho da janela e sinto pesar
De não te ver, e caio em pranto?

Por que foi embora, linda donzela
Se você era a menina do meu olhar
Aquela que via da minha janela!

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

 
Autor
Odairjsilva
 
Texto
Data
Leituras
201
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
2
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Keithrichards
Publicado: 25/05/2019 00:59  Atualizado: 25/05/2019 00:59
Colaborador
Usuário desde: 17/03/2014
Localidade:
Mensagens: 2473
 Re: Da minha janela
Sempre expressa o romantismo muito bem em seus poemas, sentimentos aflorados, gostei da leitura, um abraço!

Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 25/05/2019 11:16  Atualizado: 25/05/2019 11:16
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12439
 Re: Da minha janela P/Odairjsilva
A ilusão é efémera, um engano que depois nos faz sofrer...
Gostei muito, abraço Vó