https://www.poetris.com/
Poemas : 

UIVO AO VENTO

 


Em algum lugar o vento grita meu nome!
Para aquém de mim…
Para além de mim…
Grita-o como um uivo, que me trás à vida,
Do lobo que em mim renasce…
Sinto esbofetear- me no rosto…
Os cheiros …
Os sons…
Os perfumes silvestres…
O borbulhar da agua cristalina que corre,
Dançante entre as pedras do regato.
Quem esculpiu o sol?
E pintou as estrelas no infinito azul-cobalto?
Quem me fez rasgado em sonhos,
Dum mundo que não é o meu?
Quem fez voar em mim esta estranheza do ser?
Eu queria sair de mim, para conhecer outros mundos,
Não só este onde me acomodo
E vivo fechado num lugar que mal conheço…!
Que me traga o vento…
A vida…
O sonho…
O alento,
Dum lugar que não sei aonde, mas que quero estar!

F.Serra


 
Autor
F.Serra.Pintor
 
Texto
Data
Leituras
43
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.