https://www.poetris.com/
Poemas : 

Ode ao amor

 
...e nem distâncias,
tempo,
ventos e tempestades,
nem vazios,
saudades,
nem você
nada, mesmo nada,
me impede de te escolher tema
te fazer poema
e te beijar na memória...
Nada, mesmo nada,
me impede de te sonhar
sorrir e esperar
Te reescrever em minha história.


Carpe diem

Open in new window

 
Autor
Violante
Autor
 
Texto
Data
Leituras
119
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
0
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.