https://www.poetris.com/
Poemas -> Alegria : 

À infância

 
À infância



É o riacho que ri o riso que desponta a ponta que lança o algodão no ar
... Penumbra leve traz em seu bojo pequenos traços que formam laços azuis brilhantes...
É o mar que zomba da bomba que chocolateia borrando o rosto
...Pedra branca leva dentro de si grandes abraços que enlaçam desejos, amigos prateados...
É o riacho que zomba do riso que desponta a bomba que lança o algodão borrando o rosto com ponta de chocolate.

Alexandre Sansone
2003

 
Autor
Sansone
Autor
 
Texto
Data
Leituras
136
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.