https://www.poetris.com/
Poemas -> Reflexão : 

O silêncio da reflexão

 
Elevo os olhos
E vejo a expressão de angústia no olhar que olha para mim
A pergunta que martela a mente distante da realidade:
Por que você está tão triste?
Então, mais uma vez, tenho que me debater com meus temores
E responder que meus sentimentos não podem ser contidos.
O que há em mim é a eterna busca pelo cálice sagrado do conhecimento.
Deito-me com os braços no ombro da imaginação
O peso que sinto é da silenciosa solidão
E eu não conheço ninguém que tenha se refugiado dela pelo caminho
Ou que há tenha vomitado de forma asquerosa.
O que há em mim não é e nunca foi tristeza
É o silêncio reflexivo.
O silêncio reflexivo é aquele que me permite
Romper as barreiras da mediocridade
Das nuvens obscuras da ignorância.
E ao mudar minha posição na cama
É porque penso melhor se virar para o lado.
Será que existe alguma posição para viver?
O que é a vida sem a reflexão?
E como refletir se não tivermos o silêncio para nos fazer companhia?
Quero continuar a viver
E não devo matar o tempo
A saudade de um olhar e da vida que tenta escapar de minhas mãos.
Não pretendo procurar nem uma posição mais confortável para a morte.
Como saber o dia do último dia?
O que pode ser melhor do que ler uma poesia antes de dormir
E vislumbrar o brilho do sol pela manhã.
Esperança
Liberdade
Solidão…
O meu silêncio reflexivo é o tempo sagrado da meditação
Da busca pelo saber.
Não há tristeza em mim
Nem no olhar
Nem na alma
Apenas o silêncio da reflexão existencial.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

 
Autor
Odairjsilva
 
Texto
Data
Leituras
41
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.