https://www.poetris.com/
Poemas -> Tristeza : 

Lágrimas da realidade

 
Não pensou que seria triste sua manhã
Por isso não sentiu o cheiro da maça
O sonho que sempre acalentava
Agora de forma silenciosa o deixava.

Procurou nos seus olhos uma companhia
Mas percebeu que a esperança não tinha
Esperou para conseguir ver o seu olhar
E entendeu que isso não podia alcançar.

Lágrimas da realidade havia crescido
Nos olhos que se fechava vencido
Pela tristeza de uma noite sombria
Que não ouvira nenhuma melodia.

Procurava para sua vida um companheiro
Que pudesse dividir o sonho inteiro
Porém sabia que estava sozinho no mundo
Com o coração e este sentimento profundo.

A melancolia de um dia triste
Em sua alma silenciosa persiste
E a única coisa que quer o coração
É sobreviver a essa triste solidão.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

 
Autor
Odairjsilva
 
Texto
Data
Leituras
53
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
0
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.