https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

[Silêncios Cúmplices]

 
[Silêncios Cúmplices]
 


Pedras caem e batem no vidro da janela
O tempo corre em louca vertigem
Uma tempestade de sonhos inunda a alma
Sinto o mundo pintado de pecados [meus].


Sonhos que chegam inundando meus poros
Desejos surgindo pelas frestas dos [meus] pensamentos
Feito um rio de falsa calmaria
Escondendo um tumulto de sonhos [numa fuga de ti].


Linho branco cobrindo o leito do sonhar contido
Sentimentos perdidos nos labirintos de desejos [in]controláveis
Esperando por palavras doces, no meio de olhares despidos
Contagiando sonhos e corpos, respirando silêncios cúmplices .


Do horizonte da minha janela, vejo o sol acariciando a terra
Ultrapassando as barreiras dos toques, dos beijos e da solidão
Espalhando sorrisos como grãos de areia sentindo a calmaria do mar
Derramando a saudade de sorrir e corar com palavras doces pintadas à mão.


Ro Fontana















 
Autor
Ro_
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1090
Favoritos
7
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
92 pontos
14
11
7
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Odairjsilva
Publicado: 23/10/2018 01:30  Atualizado: 23/10/2018 01:30
Membro de honra
Usuário desde: 18/06/2010
Localidade: Cáceres, MT
Mensagens: 2811
 Re: [Silêncios Cúmplices]
Nossa!!! Estava com muitas saudades de ler-te! Seus versos sempre bem construídos e emocionantes. Admiro-te sempre!!! Abraços poéticos!!!


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 24/10/2018 12:25  Atualizado: 24/10/2018 12:25
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29335
 Re: [Silêncios Cúmplices]
Uma verdadeira arte pintado pelos olhos do tempo, rascunhado belas bocas em lindos beijos lábiais


Enviado por Tópico
lsterreza
Publicado: 26/10/2018 14:25  Atualizado: 26/10/2018 14:25
Super Participativo
Usuário desde: 09/02/2017
Localidade: Brasil___Natal RN
Mensagens: 169
 Re: [Silêncios Cúmplices]
olá Ro_

como sempre bordas
palavras belas que
brotam deste coração
belo.

o silêncio e a saudade
caminham juntos.

obgda menina flor.
bjs de carinho viu!

Open in new window


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 26/10/2018 16:19  Atualizado: 26/10/2018 16:19
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12514
 Re: [Silêncios Cúmplices] P/Ro_
Bem vinda querida Rosa, lindo poema escrito e pintado à mão...quanto não vale? BEIJOCAS saudosas, pois que não a tenho visto por aqui e que falta tem feito, sua marota! Espero que agora não dispense os meus beijinhos que são de uma avozinha amiga e sinto falta dos seus...! Vó


Enviado por Tópico
LuízBernardo
Publicado: 27/10/2018 21:25  Atualizado: 27/10/2018 21:25
Da casa!
Usuário desde: 16/02/2017
Localidade:
Mensagens: 328
 Re: [Silêncios Cúmplices]
Ah essa doçura que traz o céu pro meu mundo e enche meus dias de amor!
Beijo, minha linda.


Enviado por Tópico
augustocola
Publicado: 21/12/2018 01:53  Atualizado: 21/12/2018 01:53
Luso de Ouro
Usuário desde: 22/07/2008
Localidade: ES - BRASIL
Mensagens: 267
 Re: [Silêncios Cúmplices]
Sentir o mundo pintado de pecados!
Adorei isso!


Enviado por Tópico
Eureka
Publicado: 17/02/2019 12:53  Atualizado: 17/02/2019 12:53
Colaborador
Usuário desde: 02/10/2011
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4259
 Re: [Silêncios Cúmplices] P/ Ro
Olá sorrisinho lindo,

Realmente, andei tão ausente que hoje ao fazer a leitura deste teu poema, me dei conta, do que estive perdendo.
É sempre um encher de alma fazer a leitura dos teus versos e poemas. Estáva a precisar de lavar a minha alma com as tuas palavras, os teus versos e os teus poemas amiguinha.

"Silêncios Cúmplices", me fez acordar deste torpor em que tenho estado há já tantos meses.

Obrigada pela beleza da tua poesia e pela tua beleza humana.
E, já agora, volta a partilhar, por favor.

Um milhar de beijos para ti
Maria

Enviado por Tópico
LuízBernardo
Publicado: 24/09/2019 17:49  Atualizado: 24/09/2019 17:49
Da casa!
Usuário desde: 16/02/2017
Localidade:
Mensagens: 328
 Re: [Silêncios Cúmplices]
Derramando a saudade de sorrir e corar com palavras doces pintadas à mão.