https://www.poetris.com/
Poemas : 

A TERRA ADOECEU

 
Tags:  poesia    Pandemia  
 
A TERRA ADOECEU
Era uma vez um mundo,
Não era nada parecido com contos de fadas,
Havia a falsidade, a deslealdade, maldade,
Havia a fome que dilacera,
Havia a inveja, o egoismo, a tirania,
Havia o preconceito que sangra,
A pandemia assolou o mundo,
Todos se viram vítimas da maldição,
Todos tiveram que esconder seus rostos,
Veio a era dos mascarados,
Não escapava rico ou pobre,
Brancos, negros, indígenas...
Somente os olhos expressavam o humor e o sorriso...
Ninguém sabia mais sorrir com os lábios,
Não havia lugar para a desigualdade,
O pano cobria a face, tornavam todos iguais,
Não se via o feio, o bonito, o jovem, o velho, o rico, o pobre...
Veio a pós-pandemia,
A Terra estava curada,
O mundo reaprendeu a sorrir com os lábios,,
Os povos perceberam que ninguém é diferente,
Apenas somos breves instantes,
Nada é tão discrepante, destoante,
Que prevaleça a paz no lugar da guerra ...
Tiros somente em flor,
Pra polinizar o mundo de amor...

 
Autor
Petronilha
 
Texto
Data
Leituras
43
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.