https://www.poetris.com/
Poemas : 

AMAR

 
Tão vulnerável é o sentimento humano!

Quem diz que ama, às vezes nem sabe amar,
Prolata tal sentimento da boca para fora, sim!

Trata-se de uma expressão que se torna vulgar
Na medida em que não é compreendido e traz
Emoções esdrúxulas e hipócritas ao cotidiano.

Muito comum ouvir-se em qualquer situação
Um “eu te amo” sem a sinestesia que evoca
As mais puras sensações que enternecem a vida
E que fazem vibrar os anelos do coração carente.

Amar não é agradecer nem agradar... É vínculo
De solidariedade e fraternidade conjuntamente
Entrelaçadas dentre os arremedos que fustigam
A doce estratégia do dar e do receber, do perdoar!
É fidelidade e aceitação, respeito às diferenças!


DE Ivan de Oliveira Melo

 
Autor
imelo10
Autor
 
Texto
Data
Leituras
73
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Mr.Sergius
Publicado: 01/10/2020 00:32  Atualizado: 01/10/2020 00:32
Da casa!
Usuário desde: 14/08/2018
Localidade:
Mensagens: 290
 Re: AMAR
Por infelicidade as declarações de amor vazias vulgarizam o sentido da palavra... há quem declare amor sem qualquer emoção. A consequência é o esvaziamento do que se chama de amar... Perfeitas suas observações...