https://www.poetris.com/
Poemas : 

Amo-te …e isso é de uma rudez …passado tanto tempo...mas amo-te

 
 

deixar o coração
enleado
na raiz do teu peito
é um pecado que desejo …
seja no apertado abraço
seja num poema enviado
para o endereço
da alma

o que podemos fazer?

se ainda temos o mar a escorrer na face
e a delicadeza de amar
a desaguar
a esperança
nos lábios …

a onde podemos ir?

se temos o perfume do toque
espalhado por todo lado
até nos dedos
até abaixo dos cabelos
até….
nos silêncios
das nossas
ausências











 
Autor
Frágilvocábulo
 
Texto
Data
Leituras
159
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
28 pontos
8
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 27/02/2021 20:44  Atualizado: 27/02/2021 20:44
 Re: Amo-te …e isso é de uma rudez …passado tanto tempo......
quem ouve carolina deslands nunca conseguirá escrever um poema em condições, mas haverá sempre quem goste. vai ver que depois deste comentário aparecerá en paredes a contradizer. a palavra rudez é tão feia. eu jamais a utilizaria. tu amas mesmo? tens amor para dar! muito bem
um bom fim de semana


Enviado por Tópico
Erotides
Publicado: 27/02/2021 21:18  Atualizado: 27/02/2021 21:18
Colaborador
Usuário desde: 26/02/2020
Localidade: BRASIL
Mensagens: 818
 Re: Amo-te …e isso é de uma rudez …passado tanto tempo......
Gostei , o perfume é o toque mágico e às palavras é ah! mar . Entre muitos poemas de amor uns brilha mas quê outros.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 27/02/2021 21:30  Atualizado: 27/02/2021 21:30
 Re: Amo-te …e isso é de uma rudez …passado tanto tempo......
vês como eu tinha razão eheh
aonde podemos ir! o fim do mundo é perto. tentem ir ao principio e se conseguirem... sejam felizes. eu quero ser o padrinho

Enviado por Tópico
karinna*
Publicado: 28/02/2021 17:57  Atualizado: 28/02/2021 17:57
Da casa!
Usuário desde: 26/11/2017
Localidade:
Mensagens: 296
 Re: Amo-te …e isso é de uma rudez …passado tanto tempo......
*inspirador.

*

orquídeas deitam-se na orla
dos meus olhares vacantes
os sorrisos morrem na face
num jardim de lágrimas flores

o rumor marítimo de um amor
soçobra nas aragens
das minhas artérias sentidas
naufrago na onda solitária
tremo na pele despida

o anagrama da corola
a p o e s i a

o sossego soturno
o verso sem rima

há musica tristonha
num beijo sem despedidas.

K*

*não resisti, ensaiei uns versos ... inspirados nessa tua escrita , não tenho título ainda ...rsrs

Grata pela partilha, desculpa a invasão.

Beijoka*