https://www.poetris.com/
Poemas -> Religião : 

Eu escolho!

 
Open in new window


O céu esta cheio de tonalidades
cheira a flores e o azulão se destaca
esta sempre acompanhado
das mais belas estrelas (…)

E se os sentimentos
só se sentem por momentos?
O que importa isso ?
Se a vida for ilusória!?
Eu escolho (...)

Se a vida fechar os olhos ?
Nem a virgula mudara
para quem não sabe ler com a alma
nem as palavras certas o tocara!

Tem coisas nossas em tudo o que fazemos,
que seja essas as coisas, a luz de alguém,
que sejam as sementes do bem!
as sementes das boas árvores,
as sementes dos bons frutos!

Escrevo inspirada pelo Pai junto da minha calma
toco as macias e silenciosa teclas
toco ideais paralelas
e o nosso sentir só faz sentido se for de alma!

By.Quandoachuvacai /acor

https://acor13.blogspot.com/2021/08/eu-escolho.html


Eu sou só, mais uma sombra que anda por aí e quem projeta-me, inevitavelmente acompanha-me.

Íris Correia /Quandoachuvacai-A.C.O.R

blogger:https://acor13.blogspot.pt/
Fotos:https://www.instagram.com/anacorelvas/



 
Autor
Quandoachuvacai
 
Texto
Data
Leituras
177
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
21 pontos
1
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
A.C.O.R
Publicado: 05/08/2021 13:33  Atualizado: 05/08/2021 13:53
Colaborador
Usuário desde: 17/10/2013
Localidade: Lisboa
Mensagens: 698
 Re: Eu escolho!
13.11.2018

Toda folha branca é o inicio de um querer, de um sonho!
Desenho, aguarelo o que amo, a minha expectativa !
Apago e desenho, aguarelo e salpico de forma expressiva!

Se pensa que vou partir o bico do lápis
por a calma que pensa que me tira nem por um triz
nem por um triz advinha o desenho lindo que fiz!

Mas se eu fizer um ponto final garanto que o vou partir
Mas vou o partir com o gosto enorme de o poder afiar
E se o lápis partir-se ao meio terei quatro pontas de calma de amor.

Quatro palavras, quatro pontas de inspiração,
Quatro letras; amor, DEUS, alma, vida!
A calma das quatro pontas do coração!

Quandoachuvacai/acor

Leia mais: https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=340479 © Luso-Poemas