https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

o vento não constipa os amantes que se amam nas janelas abertas

 
Nos poços cai o eco da alvorada. é manhã que sobe nos quartos do hotel onde ela ainda varre. o vento não constipa os amantes que se amam nas janelas abertas. um gafanhoto aprende como se beija numa visão única sobre a mulher que no sexo fica corada. trepa ao cimo de uma flor que está pelas horas do suicidio e beija-lhe o cetim da sua veste mal iluminada. fecharam-se janelas e a flor devorou o insecto tais as mãos do pedreiro fecha o nome da filha morta. na pedra
 
Autor
flavio silver
 
Texto
Data
Leituras
1172
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
11
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Tânia Mara Camargo
Publicado: 28/05/2008 22:12  Atualizado: 28/05/2008 22:12
Colaborador
Usuário desde: 11/09/2007
Localidade:
Mensagens: 4263
 Re: o vento não constipa os amantes que se amam nas janel...
Sabes que até para falar de amor és um enigma?
Adoro essas coisas. E o poema originalissímo,
amei, beijos!


Enviado por Tópico
Henrique Pedro
Publicado: 28/05/2008 22:15  Atualizado: 28/05/2008 22:15
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2007
Localidade:
Mensagens: 3821
 Re: o vento não constipa os amantes que se amam nas janel...
Há sempre beleza no surrealismo!Parabéns. abraço

Enviado por Tópico
Ledalge
Publicado: 28/05/2008 22:22  Atualizado: 28/05/2008 22:22
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2007
Localidade: BRASIL
Mensagens: 6880
 Re: o vento não constipa os amantes que se amam nas janel...
OLÁ SILVER! O INCRÍVEL É QUE VC NOS DÁ NÓS NA CABEÇA...TENS UM PODERIO COM ESSAS MÃOS QUE NOSSA SENHORA! UM POEMA QUE ME ARREBATOU MESMO. VI O GAFANHOTO DEVORADOR DE UMA FORMA LÚDICA. PARABÉNS MOÇO! BEIJO NO CORAÇÃO


Enviado por Tópico
Julio Saraiva
Publicado: 28/05/2008 22:28  Atualizado: 28/05/2008 22:28
Colaborador
Usuário desde: 13/10/2007
Localidade: São Paulo- Brasil
Mensagens: 4206
 Re: o vento não constipa os amantes que se amam nas janelas abertas/para flavio silver...
puta que o pariu, flavio! que imagens belíssimas. que poesia forte. só o título já é um poema.

júlio


Enviado por Tópico
Carolina
Publicado: 28/05/2008 23:25  Atualizado: 28/05/2008 23:25
Colaborador
Usuário desde: 04/07/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 3535
 Re: o vento não constipa os amantes que se amam nas janel...
Olá, tanto tempo!!!

Mas voltaste com um poema intrigante,
ainda bem que isso acontece...
Continuas a escrever magistralmente
Parabéns

beijos

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 29/05/2008 14:46  Atualizado: 29/05/2008 14:46
 Re: o vento não constipa os amantes que se amam nas janel...
Caro Flavio! Muito interessante o seu jeito de escrever, eu que estou acostumada com rimas e textos com frases faceis de entender, fiquei admirada com a concordâcia que consegues fazer. Parabens!

Enviado por Tópico
Margarete
Publicado: 31/05/2008 17:36  Atualizado: 31/05/2008 17:36
Colaborador
Usuário desde: 10/02/2007
Localidade: braga.
Mensagens: 1199
 o vento não constipa os amantes que se amam nas janel... para o Flávio
e cá vim eu ser feliz a ler-te. és sem dúvida dos mais intrigantes escritores deste espaço, surrealista por excelência. senhor escritor não me esqueço de o levar a paris quando for lá lançar o meu livro daqui a uns anos e você leve-me à Islândia (sempre sonhei ir lá) *
Excelente escrita Flávio, até apetece usar palavrões como o mestre Júlio mas às meninas fica-lhes mal.

Beijo em ti*

Enviado por Tópico
Caopoeta
Publicado: 11/08/2009 12:56  Atualizado: 11/08/2009 12:56
Colaborador
Usuário desde: 12/07/2007
Localidade:
Mensagens: 2027
 Re: o vento não constipa os amantes que se amam nas janel...
..percebo a importancia de passar por cá...de ler..outros tantos como tu! sao poucos os que me educam!


abraço