https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Surrealistas : 

Nada existe

 
Tags:  nada  
 
Você pra mim não existe.
Pois você é o próprio nada.
Não é fogo,
Não é terra,
Não é água,
Muito menos ar.
Você simplesmente é nada.
Esse é o seu caso!
Caso que!
O nada não pode queimar.
O nada não pode caminhar livre sobre a terra.
O nada não mata sua própria sede.
O nada não respira o ar puro das matas ,
E muito menos a poluição das cidades.
O nada não pode sofrer ,
Pois ele não tem sentimentos,
Nem pode chorar,
Nem rir.
Muito menos achar graça.
Achar graça de que?
Se você não existe...
Você nem vácuo pode ser.
Pra mim você é a inexistência do próprio ser.
Não é infinito,nem começo,
Nem meio,nem fim,
Você não é perfeito.
Porque o nada não existe.
O nada nem pode evoluir!
Evoluir de quê?
Do nada?
Você é o nada!
Você pra mim não morreu.
Porque você nunca existiu!
Nem vai existir!
Ainda bem!
Já pensou se você existisse?
Mas como pensar?
Se você é nada
E relembrando:
O nada não pensa
Se pensasse seria
Um mundo de confusão
Na cabeça das pessoas.
Formaria na cabeça de todos,
uma descrença total.
Faria com que todos acreditassem
Que após a morte não existe nada
E se não existe nada porque existe vida então?
Porque ela não é como o nada.
E se não existisse vida.
Então como pode você dizer que ama.
Se o amor é um sentimento que não se vê!
E assim como o ciúme o ódio e a revolta.
Como pode sentir essas coisas se você não os vê?
Por isso que você é nada.
Trabalhar pra quê?
Amar pra quê?
Chorar por quê?
Se um dia tudo vai acabar pra você.
MAS NÃO PRA MIM
Por isso que você não passa nem perto do meu
Vocabulário.
Se passasse seria como um xingamento
Uma maldição
Nada existe pra mim.
Não existe nada de você pra chegar aos meus pés.
Vjarski
 
Autor
Valquiria
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1139
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.