https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Desejos

 
DESEJOS

Chamei por você quando na alma inundada
A angústia cobria o céu
E as estrelas, todas elas.
Se recusavam a mostrar seu brilho
Não obstante as luzes e a multidão
Me sentia no escuro e totalmente só

Desejei estar com você
Envolto em teus braços
Sentir o teu calor
Aquecendo meu coração gelado
Ou simplesmente estar aos teus pés
Como um escravo à disposição da Rainha

Esperei-te um dia ansiosamente
O coração pulsava com a idéia da tua presença
Tudo o que fiz naquele dia.
Foi pensando na tua chegada
Não vieste, entendi teus motivos.
O coração, porém, chorou.

Assim as lembranças me atordoam o peito
Nossas conversas e confidencias
Nossa história, ironia do destino,
Semelhante, porém distante.
Nossa música...
Os sinais se confundem
E no fundo, por dentro te adoro.

Mas hoje desejei te ter em meus braços
Te tocar como nunca o fiz
Quem sabe assim entenderíamos
Porque a mesma música nos toca a alma
Porque toda vez que você não responde me sinto ignorado
E a cada reencontro, ainda que virtualizado,
Me atrapalho todo diante de você

Vivo, então este Amor platônico.
Desejando ardentemente tua felicidade
E que um dia eu também a encontre

Josafá Gomes Pereira
06/07/2008


Josafá Gomes Pereira


 
Autor
Josafá
Autor
 
Texto
Data
Leituras
649
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 14/11/2008 12:18  Atualizado: 14/11/2008 12:18
 Re: Desejos
Amigo! Este poema é belíssimo! Estou de saída...tenho um exame a fazer, mas prometo ler-te com a maior das atenções!
Do que me ficou... Muito bom
Beijo azul...sempre!


Enviado por Tópico
António MR Martins
Publicado: 14/11/2008 12:31  Atualizado: 14/11/2008 12:31
Colaborador
Usuário desde: 22/09/2008
Localidade: Ansião
Mensagens: 5064
 Re: Desejos
Josafá,

Seu poema é desesperadamente bonito.
Um abraço