https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

LENTAMENTE ME DESPI

 
Tags:  amor    saudade    esperança  
 
“Ao teu lado existe beleza, tu és minha maior riqueza”

Ângela Lugo


-----------------------------------------------------------


POR FAVOR, PARA MELHOR LEITURA, CLIQUE NO POEMA

Open in new window


Open in new window
Obras registradas na Biblioteca Nacional
e protegida pela Lei 9610 de 19/02/1998
http://sabordapoesia.blogspot.com/
https://twit...

 
Autor
ângelaLugo
 
Texto
Data
Leituras
1651
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
44 pontos
28
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
apollo 11
Publicado: 09/12/2008 10:56  Atualizado: 09/12/2008 10:56
Da casa!
Usuário desde: 12/10/2007
Localidade: Ermesinde
Mensagens: 228
 Re: LENTAMENTE ME DESPI
Há sempre uma saudade que se despe e um enorme desejo de amar que em nós inevitavelmente cresce.
Adorei imenso ler este seu poema cheio de saudade e belos desejos por alguém que tarda em aparecer.

Mil beijinhos de amizade e muita admiração por si ângelaLugo

Open in new window


Enviado por Tópico
LuisaMargaridaRap
Publicado: 09/12/2008 12:16  Atualizado: 09/12/2008 12:16
Colaborador
Usuário desde: 19/08/2008
Localidade: Portalegre - Alentejo
Mensagens: 1512
 Re: LENTAMENTE ME DESPI
Angela, sem duvida que a maior riqueza que alguem pode ter é o Amor!

Dele tudo nasce, por ele tudo se faz e tudo se cria, tudo se deseja, ao infinto vamos por amor...

beijinhos

Luisa Raposo


Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 09/12/2008 12:21  Atualizado: 09/12/2008 12:21
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: LENTAMENTE ME DESPI
O amor, Ângela, o companheirismo,
a certeza inabalável de que temos
alguém que quer caminhar ao nosso
lado, é, indiscutivelmente, uma das
belezas universais que tanto reconforta
o nosso coração.
Uma vez mais tu falas do amor com mestria,
querida amiga.

Vóny Ferreira


Enviado por Tópico
MartaVasil
Publicado: 09/12/2008 17:53  Atualizado: 09/12/2008 17:53
Da casa!
Usuário desde: 30/11/2008
Localidade:
Mensagens: 215
 Re: LENTAMENTE ME DESPI
Ângela,

Que bom foi ler estas palavras ramificadas do amor: saudade, esperança, sonhos, necessidade... palavras envoltas em tão grandes verdades e em tão grande ternura.

Bjs e boa semana,

Marta Vasil


Enviado por Tópico
AlmaReveladora
Publicado: 09/12/2008 18:27  Atualizado: 09/12/2008 18:27
Super Participativo
Usuário desde: 27/11/2008
Localidade:
Mensagens: 167
 Re: LENTAMENTE ME DESPI
Hum ..que charme e sensual poesia..
adorei amei, minha linda amiga

favorito
beijos nesta linda Alma

Eu não existo sem você

Eu sei e você sabe, já que a vida quis assim
Que nada nesse mundo levará você de mim
Eu sei e você sabe que a distância não existe
Que todo grande amor
Só é bem grande se for triste
Por isso, meu amor
Não tenha medo de sofrer
Que todos os caminhos
Me encaminham pra você

Assim como o oceano
Só é belo com luar
Assim como a canção
Só tem razão se se cantar
Assim como uma nuvem
Só acontece se chover
Assim como o poeta
Só é grande se sofrer
Assim como viver
Sem ter amor não é viver
Não há você sem mim
Eu não existo sem você


Vinícius de Moraes
Open in new window


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 09/12/2008 19:16  Atualizado: 09/12/2008 19:16
 Re: LENTAMENTE ME DESPI
É bom amar assim...Bjo

Lua-Mor


Enviado por Tópico
saozinha
Publicado: 09/12/2008 20:50  Atualizado: 09/12/2008 20:50
Colaborador
Usuário desde: 09/08/2008
Localidade:
Mensagens: 1606
 Re: LENTAMENTE ME DESPI
"Sem ti viverei na maior pobreza"

Que seria da nossa vida sem amor?
Lindo poema
Adorei.
Beijo


Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 09/12/2008 21:07  Atualizado: 09/12/2008 21:07
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 12081
 Re: LENTAMENTE ME DESPI
O amor sem ele que seria de nos...mais uma vez escreves um poema muito belo, pleno de sentimento.

Beijos


Enviado por Tópico
mim
Publicado: 09/12/2008 21:30  Atualizado: 09/12/2008 21:31
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2008
Localidade:
Mensagens: 2858
 Re: LENTAMENTE ME DESPI
Lindo poema,
dentro da maior riqueza...o amor!
Beijos doces


Enviado por Tópico
quidam
Publicado: 10/12/2008 13:02  Atualizado: 10/12/2008 13:02
Colaborador
Usuário desde: 29/12/2006
Localidade: PORTIMÃO
Mensagens: 1438
 Re: LENTAMENTE ME DESPI
Lentamente li este bonito poema e bebi suas palavras. Parabéns.
Jinho


Enviado por Tópico
Tânia Souza
Publicado: 10/12/2008 15:43  Atualizado: 10/12/2008 15:43
Da casa!
Usuário desde: 10/04/2008
Localidade:
Mensagens: 207
 Re: LENTAMENTE ME DESPI
Alma desnuda, a poesia transfigura-se, transborda, lindo poema!


Enviado por Tópico
Maria Verde
Publicado: 10/12/2008 16:01  Atualizado: 10/12/2008 16:01
Colaborador
Usuário desde: 20/01/2008
Localidade: SP
Mensagens: 3544
 Re: LENTAMENTE ME DESPI
estava com saudades de te ler...
tua poesia é fluida e deliciosa.

beijinho

Maria Verde


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 14/12/2008 01:12  Atualizado: 14/12/2008 01:12
 Re: LENTAMENTE ME DESPI
Este é um dos poemas mais belos que te li.

Parabéns

Dolores


Enviado por Tópico
Arcanjo Miguel
Publicado: 08/02/2009 23:23  Atualizado: 08/02/2009 23:23
Da casa!
Usuário desde: 02/07/2007
Localidade: Rio de Janeiro/RJ - Brasil, 38 anos, Escritor Amador
Mensagens: 338
 Re: LENTAMENTE ME DESPI
Um lindo desnude poético...