https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

MOINHO QUE TRITURA OS MEUS E OS SEUS SONHOS

 
Moinho que tritura os meus e os seus sonhos
Moinho que alimenta emoções e afina canções
Moinho novo e antigo guardados em meu peito
Moinho de papel e de pedra, meus velhos amigos

Basta um homem que conheça a força da água
Basta no máximo um rasgo no encostado da serra
Basta que seja terra baixa, terra encharcada
Basta ser terra e que tope cultivar o amor

Tem que ter homens trabalhando sempre
Com chuva, com sol, com lua e com frio
São pastos de vacas leiteiras no dia de ontem
Hoje nada, nem o bezerro, pro homem com fome

Corta o capim, tritura a cana e mistura o feijão
Carrega o burro, separa o boi e prepara o doce
Recria a rapadura, feita pelo homem mole da terra
Que matando a abelha faz a divisa do coração

É preciso exportar a gravata e amar a pata prá si amar
É preciso ser pião pra aprender a rodar e encontrar o caminho
É preciso ser ninho onde se aprende a não ser sozinho
E preciso ser a terra que bem longe da guerra ama o vizinho

Moinho que moendo o milho faz o fubá e cria a família
Moinho que do trigo faz o pão e alimenta o povo faminto
Moinho que tritura a uva e faz o alimento sagrado
Moinho que dá o emprego e a paz pro universo unido

Moinhos de fubá de Maria e muitos “nãos” antes dos “sins”
Moinhos de fazendas onde as rendas nãos rendas, são roupas
Moinhos de povos pobres onde os nobres são miseráveis
Moinhos de reis holandeses tocados por ventos de todo universo

Velho moinho de milho e de energia e do progresso possível
Velho moinho feito por meu pai, meu avó e fazendeiros amigos
Velho moinho a moer as razões e os milhos de todas as paixões
Velho moinho feito com fé, batizado na pia e crismado no altar



Veríssimo

 
Autor
veríssimo
 
Texto
Data
Leituras
684
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
5 pontos
5
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Maria Verde
Publicado: 22/02/2009 14:33  Atualizado: 22/02/2009 14:33
Colaborador
Usuário desde: 20/01/2008
Localidade: SP
Mensagens: 3541
 Re: MOINHO QUE TRITURA OS MEUS E OS SEUS SONHOS
"Corta o capim, tritura a cana e mistura o feijão
Carrega o burro, separa o boi e prepara o doce
Recria a rapadura, feita pelo homem mole da terra
Que matando a abelha faz a divisa do coração"

Seu moinho, lembrou-me o meu próprio, a vida de cada um, as razões, a fé, o pai, o avô, a terra...
a nossa terra!
lindo, lindo!

Maria verde


Enviado por Tópico
kryssfour
Publicado: 23/03/2009 03:33  Atualizado: 23/03/2009 03:33
Super Participativo
Usuário desde: 16/12/2008
Localidade: MG/Brasil
Mensagens: 178
 Re: MOINHO QUE TRITURA OS MEUS E OS SEUS SONHOS
Caro Poeta,

Seu poema me faz refletir a necessidade de sempre se buscar nossa matriz, nossa raiz..Despir-se da casca elaborada e deixar aflorar o homem, o ser, o humano ser humano.Profundo poema!
Parabéns, abraços,
Kryss

Open in new window