Poemas -> Amor : 

O Sustento do Amor

 
O amor desvairado nos costumes do bem querer
Pode-se deita com a ausência e dormir na presença dos pensamentos.
Sonha-se com o impossível tendo em mãos a incerteza,
Imagina-se sempre correto no imprevisível coração alheio.

Subestimada palavra que se busca a compreensão,
Esta é a fábula mais historiada do cotidiano.
A mais gostosa e mais dolorida,
A mais egoísta e quista.

Onde o encontro não é só valido
Quando a entrega a dois corpos, mas sim duas almas.
Acima do prazer súbito e do gozo insaciável,
É o seu ardente sentimento verdadeiro que se torna o mantimento interminável.

RegianePeroso


RegianePeroso

 
Autor
Regiane
Autor
 
Texto
Data
Leituras
866
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Norberto Lopes
Publicado: 06/04/2009 09:57  Atualizado: 06/04/2009 09:57
Membro de honra
Usuário desde: 15/03/2008
Localidade: Lisboa
Mensagens: 896
 Re: O Sustento do Amor
Li e reli para interiorizar...

«...Sonha-se com o impossível tendo em mãos a incerteza,
Imagina-se sempre correto no imprevisível coração alheio...»

Gostei muito!
e do «mantimento interminável» também

nl

Enviado por Tópico
glp
Publicado: 20/04/2009 15:24  Atualizado: 20/04/2009 15:24
Da casa!
Usuário desde: 26/02/2007
Localidade: Belas
Mensagens: 464
 Re: O Sustento do Amor
Gostei bastante, Regiane!

Bjos

Enviado por Tópico
madruga
Publicado: 29/04/2009 23:04  Atualizado: 29/04/2009 23:04
Participativo
Usuário desde: 21/04/2009
Localidade: Braga
Mensagens: 31
 Re: O Sustento do Amor
olá Regiane adorei teu sustento.

bjs

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 07/10/2010 21:59  Atualizado: 07/10/2010 22:02
 Re: O Sustento do Amor
"Acima do prazer súbito e do gozo insaciável,
É o seu ardente sentimento verdadeiro que se torna o mantimento interminável".


Amei esta frase... Tocou meu coração...
Exatamente assim penso e parece que tu dissestes o que me estava dentro vivo e disperso.

Baci
Muitos
Chris