https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

O que há em mim é sobretudo cansaço

 
Tags:  Álvaro de Campos  
 
O que há em mim é sobretudo cansaço
Não disto nem daquilo,
Nem sequer de tudo ou de nada:
Cansaço assim mesmo, ele mesmo,
Cansaço.

A subtileza das sensações inúteis,
As paixões violentas por coisa nenhuma,
Os amores intensos por o suposto alguém.
Essas coisas todas -
Essas e o que faz falta nelas eternamente -;
Tudo isso faz um cansaço,
Este cansaço,
Cansaço.

Há sem dúvida quem ame o infinito,
Há sem dúvida quem deseje o impossível,
Há sem dúvida quem não queira nada -
Três tipos de idealistas, e eu nenhum deles:
Porque eu amo infinitamente o finito,
Porque eu desejo impossivelmente o possível,
Porque eu quero tudo, ou um pouco mais, se puder ser,
Ou até se não puder ser...

E o resultado?
Para eles a vida vivida ou sonhada,
Para eles o sonho sonhado ou vivido,
Para eles a média entre tudo e nada, isto é, isto...
Para mim só um grande, um profundo,
E, ah com que felicidade infecundo, cansaço,
Um supremíssimo cansaço.
Íssimo, íssimo. íssimo,
Cansaço...


Fernando António Nogueira Pessoa
( 03/06/1888 — 30/11/1935)
Autores Clássicos no Luso-Poemas

Álvaro de Campos
 
Autor
Fernando Pessoa
 
Texto
Data
Leituras
4290
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henricabilio
Publicado: 14/04/2009 23:31  Atualizado: 14/04/2009 23:31
Colaborador
Usuário desde: 02/04/2009
Localidade: Caldas da Rainha - Portugal
Mensagens: 6963
 Re: O que há em mim é sobretudo cansaço
Quem nunca sentiu cansaço existencial, cansaço que não se explica, apenas se vive e se sofre... e logos os poetas que vivem tantos desencantos. Desespero é uma palavra que nasce contantemente no seu âmago... tanto, tanto, tanto que cansa. Um abraçooo desde Caldas! Abíl!o

Enviado por Tópico
saozinha
Publicado: 17/04/2009 23:20  Atualizado: 17/04/2009 23:20
Colaborador
Usuário desde: 09/08/2008
Localidade:
Mensagens: 1606
 Re: O que há em mim é sobretudo cansaço
Este é daqueles poemas que j'a li e reli dezenas de vezes e de cada vez que o leio sinto sempre a mesma sensação de conhecer de cor estas emoçõees,estes estados de espirito.

Fico feliz por poder le-lo aqui tambem no luso.