https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Dedicatória : 

Memória em saudade

 
<a href="http://www.imeem.com/people/YJHrfSR/p ... eAPvR9i/"><img src="http://media.imeem.com/p/D0deAPvR9i.jpg" alt="click to comment" title="click to comment" /></a>

Balancei a memória do tempo
respirei o aroma de outrora
época que as tranças dançavam
no alto dos laços enrolados
pelos teus dedos firmes.

Saltava livre longe dos perigos
caia nos teus braços ternos
no regaço das tuas histórias
finalizadas por beijos suaves
escorridos pela luz do teu olhar.

Podia ter medo do escuro
onde o teu brilho me aconchegava,
sujar o vestido por ti bordado
nas noites que velavas por mim.

Aprendia a crescer segura
nos teus dedos repletos de afagos,
brincava por entre o capim
jogos inventados na imaginação.

Subia às arvores na gargalhada
dos teus temidos avisos,
levava nas mãos as cores das borboletas
pintadas na utopia inocente.

Sentia a porta abrir a cada chegada...

Hoje a porta abre-se
nos vincos do tempo
que a memória eterniza
com as marcas no teu rosto cansado,
nas mãos o mesmo fervor de sempre.

Mas ainda assim,
a saudade espreita na memória,
contudo...
este é o maior amor
e a vida que me dês-te,
és a minha verdade!




Ana Coelho
Os meus sonhos nunca dormem, sossegam somente por vagas horas quando as nuvens se encostam ao vento.
Os meus pensamentos são acasos que me chegam em relâmpagos, caem no papel em obediência à mente...

Dedicado à minha mãe.
<div style="width:300px;"><object width="300" height="110"><param name="movie" value="http://media.imeem.com/m/s6MoibW7JP&q ... t;</param><param name="wmode" value="transparent"></param><embed src="http://media.imeem.com/m/s6MoibW7JP" type="application/x-shockwave-flash" width="300" height="110" wmode="transparent"></embed></object><div style="background-color:#E6E6E6;padding:1px;"><div style="float:left;padding:4px 4px 0 0;"><a href="http://www.imeem.com/"><img src="http://www.imeem.com/embedsearch/E6E6E6/" border="0" /></a></div><form method="post" action="http://www.imeem.com/embedsearch/" style="margin:0;padding:0;"><input type="text" name="EmbedSearchBox" /><input type="submit" value="Search" style="font-size:12px;" /><div style="padding-top:3px;"><a href="http://www.imeem.com/ads/banneradclic ... ?ep=0&ek=s6MoibW7JP" rel="nofollow"><img src="http://www.imeem.com/ads/bannerad/152/10/" border="0" /></a><a href="http://www.imeem.com/ads/banneradclic ... ?ep=1&ek=s6MoibW7JP" rel="nofollow"><img src="http://www.imeem.com/ads/bannerad/153/10/" border="0" /></a><a href="http://www.imeem.com/ads/banneradclic ... ?ep=2&ek=s6MoibW7JP" rel="nofollow"><img src="http://www.imeem.com/ads/bannerad/154/10/" border="0" /></a><a href="http://www.imeem.com/ads/banneradclic ... ?ep=3&ek=s6MoibW7JP" rel="nofollow" ><img src="http://www.imeem.com/ads/bannerad/155/10/s6MoibW7JP/" border="0" /></a></div></form></div></div><br/><a href="http://www.imeem.com/elfyie/music/KMh ... autumn/">Vivaldi: The Four Seasons--LAutunno [Autumn] - Vivaldi</a>
 
Autor
AnaCoelho
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1513
Favoritos
4
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
74 pontos
42
0
4
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
(re)velata
Publicado: 26/04/2009 12:56  Atualizado: 26/04/2009 12:56
Colaborador
Usuário desde: 23/02/2009
Localidade: Lagos
Mensagens: 2181
 Re: Memória em saudade
Tocou-me muito o teu poema. No meu caso, fez-me lembrar o meu pai.
Um grande beijinho de quem partilha tal saudade


Enviado por Tópico
Nitoviana
Publicado: 26/04/2009 13:08  Atualizado: 26/04/2009 13:08
Colaborador
Usuário desde: 10/04/2009
Localidade:
Mensagens: 648
 Re: Memória em saudade
A ternura que sempre sai das tuas palavras, sorte de quem é o enfoque delas.
Um beijo, Ana


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/04/2009 13:09  Atualizado: 26/04/2009 13:10
 Re: Memória em saudade
Um poema escrito com a Alma. Nele revelas toda a tua sensibilidade. Que forma mais bela de homenagear o ser maravilhoso que te ofereceu a este Mundo.A Ternura e o Amor espelhados nos olhos da saudade; uns olhos de puro mel.

Divino!


Beijo azul

Open in new window


Enviado por Tópico
FredericoSalvo
Publicado: 26/04/2009 13:11  Atualizado: 26/04/2009 13:11
Colaborador
Usuário desde: 23/01/2008
Localidade: Belo Horizonte - MG - Brasil
Mensagens: 1327
 Re: Memória em saudade
Intenso o teu poema, Ana. Falando de um amor realmente imensurável.
Bom começar o domingo assim com um poema teu.
Parabéns e um beijo.
Fred.


Enviado por Tópico
morethanwords
Publicado: 26/04/2009 13:15  Atualizado: 26/04/2009 13:15
Colaborador
Usuário desde: 21/11/2008
Localidade:
Mensagens: 1507
 Re: Memória em saudade
"Mas ainda assim,
a saudade espreita na memória,
contudo..."

E quando a saudade espreita,o meu peito se abre..
Os meus olhos se afogam, e minha voz se cala, o coração se encolhe...
E minha alma não volta...

Sem queres, fizeste-me chorar...
Um bom Domingo
T!na


Enviado por Tópico
Antónia Ruivo
Publicado: 26/04/2009 13:25  Atualizado: 26/04/2009 13:25
Colaborador
Usuário desde: 08/12/2008
Localidade: Vila Viçosa
Mensagens: 3906
 Re: Memória em saudade
Sem palavras para comentar este teu poema,quisera eu ter tido uma memória assim, lindo, beijinhos


Enviado por Tópico
celiacc
Publicado: 26/04/2009 14:30  Atualizado: 26/04/2009 14:30
Colaborador
Usuário desde: 27/12/2008
Localidade: Setúbal - Portugal
Mensagens: 2392
 Re: Memória em saudade
A tua ternura, o teu amor por alguém que te pôs no mundo é de tal maneira doce, que sem querer os
olhos ficam humedecidos.

Beijos muito ternos
célia


Enviado por Tópico
elisabeteluisfialho
Publicado: 26/04/2009 14:31  Atualizado: 26/04/2009 14:31
Da casa!
Usuário desde: 01/07/2008
Localidade: Alcobaça
Mensagens: 464
 Re: Memória em saudade
Ana, mantem sempre dentro de ti essa memoria com dignidade porque um dia...é honrando essa memoria que encontrarás forças dentro de ti
Meu truque foi e é esse
Todos os dias com gargalhada dorida, homenagear o que me ficou na memoria de um amor sem exigicencias...amar apenas por amar
Nunca choro a saudade venenosa, porque sei que esse elo não se quebra enquanto eu gargalhar
Um abraço


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/04/2009 15:11  Atualizado: 26/04/2009 15:11
 Re: Memória em saudade
A saudade que aperta quando nos sentimos um pouco perdidos...mas nada se perde na memória doa afectos...


Gostei muito Ana

Bjs

Dolores


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/04/2009 15:53  Atualizado: 26/04/2009 15:53
 Re: Memória em saudade
"Hoje a porta abre-se
nos vincos do tempo
que a memória eterniza
com as marcas no teu rosto cansado,
nas mãos o mesmo fervor de sempre."


Muito belo. Deixo-me embalar no tempo...

Beijo com carinho


Enviado por Tópico
salomé
Publicado: 26/04/2009 16:21  Atualizado: 26/04/2009 16:22
Da casa!
Usuário desde: 25/01/2008
Localidade:
Mensagens: 409
 Re: Memória em saudade
Ana quem melhor que as nossas mães para nos levarem a recordar nossa infância.Vai para os favoritos.Beijos bom Domingo


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/04/2009 18:17  Atualizado: 26/04/2009 18:17
 Re: Memória em saudade
Aninha,
Nem as pedras ficam indiferentes ao teu poetar belo, espontâneo e doce.Emocionante, querida.
Bjins, Betha.


Enviado por Tópico
SilviaReginaLima
Publicado: 26/04/2009 18:36  Atualizado: 26/04/2009 18:36
Colaborador
Usuário desde: 23/04/2009
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 816
 Re: Memória em saudade
alo poeta


como vai? Poema doce e sentimental carregando no bojo as lembranças mais ternas da poeta e nos fazendo lembrar de nossa própria infância. ** um beijo lavanda


Enviado por Tópico
Tânia Mara Camargo
Publicado: 26/04/2009 19:34  Atualizado: 26/04/2009 19:34
Colaborador
Usuário desde: 11/09/2007
Localidade:
Mensagens: 4263
 Re: Memória em saudade
Quão sublime é o amor de Mãe.
Lindo e terno poema.
Bjs


Enviado por Tópico
MarciaOliveira
Publicado: 26/04/2009 21:34  Atualizado: 26/04/2009 21:34
Da casa!
Usuário desde: 27/07/2008
Localidade:
Mensagens: 432
 Re: Memória em saudade
Ana,
Você não faz idéia do quanto é especial este seu texto. Muito obrigada por tê-lo escrito. Um presente à minha memória...à minha saudade...
Carinho,
Márcia.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 27/04/2009 02:18  Atualizado: 27/04/2009 02:18
 Re: Memória em saudade
Open in new window


Que na tua vida floresçam sempre sorrisos e olhares de mel.Beijo azul


Enviado por Tópico
cleo
Publicado: 27/04/2009 03:07  Atualizado: 27/04/2009 03:07
Luso de Ouro
Usuário desde: 02/03/2007
Localidade: Queluz
Mensagens: 3857
 Re: Memória em saudade
"Subia às arvores na gargalhada
dos teus temidos avisos,
levava nas mãos as cores das borboletas
pintadas na utopia inocente."

Gostei do poema no seu todo, mas destaco esta parte, por a ter achado lindíssima, feita de palavras daquelas que só existem na linguagem dos deuses...

A tua mãe deve ter ficado felicíssima!

Beijo


Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 27/04/2009 09:38  Atualizado: 27/04/2009 09:38
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: Memória em saudade
Este teu poema, Ana, é tocante. Revi-me um pouco na menina que fui e senti um enorme saudosismo.
Muito, muito enternecedor!
Beijinho
Vóny Ferreira


Enviado por Tópico
saozinha
Publicado: 27/04/2009 10:19  Atualizado: 27/04/2009 10:19
Colaborador
Usuário desde: 09/08/2008
Localidade:
Mensagens: 1606
 Re: Memória em saudade
Ana:

Um bonito poema dedicado a tua mãe onde evocas a tua infãncia feliz e despreocupada.

Os laços que temos coma nossa mãe sâo quase sempre inquebráveis,frágeis por vezes,mas estâo sempre lá,mesmo depois da morte.

Parabens por esta lidissima homenagem.

Um beijo


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 27/04/2009 12:51  Atualizado: 27/04/2009 12:51
 Re: Memória em saudade
Lindo!!!
Essa criança veio á tona em você e em mim.
Historias de crianças são tão parecidas.
Que sensação maravilhosa.
Obrigada amada por me trazeres a doces lembranças.

bjo no seu coração.


Enviado por Tópico
mariamateus
Publicado: 01/05/2009 14:37  Atualizado: 01/05/2009 14:37
Da casa!
Usuário desde: 16/04/2009
Localidade: Vila Nova de Gaia..Porto
Mensagens: 452
 Re: Memória em saudade
Parabens Ana, este poema toca o meu
coração! Que ao longo da vida,sejas
tão feliz quanto foste em criança.

Beijo