https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Respeite o meu jeito

 
Respeite o meu jeito
Não aponte defeitos
Sou o que sou

Você não me comanda
Eu não sou propaganda
Do seu desamor

Eu sou assim
Cuido de mim
Eu sou assim
Cuido de mim

Meu coração é aberto
Para o errado e o certo
Alegria e dor

Minha alma é sensível
E por incrível
Não tem sexo, nem cor!

Eu sou assim
Cuido de mim
Eu sou assim
Cuido de mim

Eu posso ir além
Do seu amém
E se posso eu vou

Vou te dar um palpite
Não imponha limites
Me veja onde estou

Eu sou assim
Cuido de mim
Eu sou assim
Cuido de mim


Obs. Esta letra foi musicada pela autora.

 
Autor
veracabalini
 
Texto
Data
Leituras
1787
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
5 pontos
5
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henricabilio
Publicado: 10/06/2009 07:08  Atualizado: 10/06/2009 07:08
Colaborador
Usuário desde: 02/04/2009
Localidade: Caldas da Rainha - Portugal
Mensagens: 6963
 Re: Respeite o meu jeito
Olá poeta Recantista! Uma alma sensível para compor poesia e música. Um abraçooo de Boas vindas! Abílio

Enviado por Tópico
RoqueSilveira
Publicado: 10/06/2009 08:51  Atualizado: 10/06/2009 08:51
Colaborador
Usuário desde: 31/03/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 8228
 Re: Respeite o meu jeito
Até consigo ouvir a música. Beijinho

Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 10/06/2009 21:24  Atualizado: 10/06/2009 21:24
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 12085
 Re: Respeite o meu jeito
Deve ser linda de ouvir na leitura sente-se o ritmo.

Beijos

Enviado por Tópico
Caopoeta
Publicado: 11/06/2009 15:45  Atualizado: 11/06/2009 15:45
Colaborador
Usuário desde: 12/07/2007
Localidade:
Mensagens: 2027
 Re: Respeite o meu jeito
...nao sei se é do dedelhado...ou é da voz rouquinha...ou talvez da letra...pelo palpite nao imponho limites


abraço

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 11/06/2009 16:03  Atualizado: 11/06/2009 16:03
 Re: Respeite o meu jeito
Vera aceitei seu convite feito num comentário e acessei suas edições no youtube. fiquei encantado com suas composições, bom domínio de violão e de voz. este poema em particular conjugou muito bem com a sua música. também componho alguns sambas influenciado pela obra do Cartola. instrumentos; só alguns de percussão. parabéns poetisa.
um beijo e afetuoso abraço.
Silveira