Poemas -> Para Visitantes : 

Os Garotos Pipocas

 
Às vezes o sistema os colocam na panela
E os garotos ficam pulando como pipocas
Os que pulam para fora adiam a cela
E viram os reis entre as fofocas.

Às vezes o sistema os colocam na panela
E os garotos ficam pulando igual pipoca
Os que não escapam deixam a sequela
No caminho das paredes que se soca.

O garoto pipoca pipoca
Quando escuta a sirene
Corre e se esconde em qualquer toca
Porque o valente também treme.

Os pensamentos ficam pipocando
Na cabeça do garoto pipoca
Que vai se revoltando
Com o sistema e a sua broca.

Eles furam e ferem o garoto pipoca
Que fica tão perdido...
Quem espalha ódio o recebe em troca
Pensa o garoto coagido.


E pula o muro o garoto pipoca
Pra fugir do fogão e ficar inteiro
Porém o medo que se estoca
Faz o garoto comprar um isqueiro.

O garoto pipoca agora tem fogo
Não uma arma de brinquedo
O pião também faz parte do jogo
O tabuleiro e seu segredo.

A adolescência é como uma pororoca
E ninguém repara o mundo do avesso
Eu "rezo" garoto pipoca
Para que esse seja só o começo.

Somos separados por classes sociais
O sistema nos desune
Mas eu procuro a paz
A paz que não nos pune
Pelo berço de nossos pais.

[Punkita]
 
Autor
Punkita
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1865
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 25/09/2011 20:18  Atualizado: 25/09/2011 20:18
 Re: Os Garotos Pipocas
Apesar de ser antigo eu concordo com o poema fala sobre a criminalidade etc.
Muito bom este poema nao ligues a essa gentinha que vé maldade em tudo até num poema tens um coração enorme e este poema demonstra um desabafo de um cidadao preocupado com o sistema que por vezes é injusto com os mais fracos e desprotegidos gostei da tematica deste poema.