https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 ... 29 »
Textos deste autor
Offline
Migueljaco
AOS MORTOS UMA DEVIDA SEPULTURA
Aos mortos uma devida sepultura Não carecem das nossas bajulações Quando vivas certamente as cri...
Enviado por Migueljaco
em 02/11/2017 13:54:39
Textos deste autor
Offline
ValdomiroPoeta
MEIGUICE
Meiguice A meiguice no olhar, de uma pessoa Nos cativa, cada vez um pouco mais E assim à medida...
Enviado por ValdomiroPoeta
em 28/10/2017 11:04:41
Textos deste autor
Offline
Migueljaco
NÃO APLAUDO AO LAMPIÃO.
Sentindo a brisa na face e um incômodo na alma Ó Cristo eu te peço calma para as minhas afliçõe...
Enviado por Migueljaco
em 26/10/2017 04:47:02
Textos deste autor
Offline
Migueljaco
OS TRILHOS EM MEIO AS FLORES.
Os trilhos em meio as flores apontam o infinito Juntos exalam os odores de uma cena bonita E as...
Enviado por Migueljaco
em 22/10/2017 21:31:25
Textos deste autor
Offline
Migueljaco
NÃO FOSSE O MEL UM PEGAJOSO
Não fosse o mel um pegajoso, Seria perfeito em quase tudo, Seu paladar é dos mais gostosos, Tem...
Enviado por Migueljaco
em 10/10/2017 22:00:02
Textos deste autor
Offline
Migueljaco
QUAL O MÉRITO EM ATEAR FOGO EM CRIANÇAS.
Numa creche acolhedora de crianças O poder público contratou um guardião Mas hoje cede este tra...
Enviado por Migueljaco
em 06/10/2017 00:12:52
Textos deste autor
Offline
Migueljaco
SINCRONISMO BRANDO E CALMO
Ouço os sinos tangidos pelo vento moderado, Que badalam num sincronismo brando e calmo, Nesta t...
Enviado por Migueljaco
em 03/10/2017 04:41:28
Textos deste autor
Offline
Migueljaco
EXISTE UMA VALA EM MIM.
Existe uma vala em mim, Alimentada pela solidão, E nesta um buraco sem fim, São forças de contra...
Enviado por Migueljaco
em 24/09/2017 21:12:49
Textos deste autor
Offline
Migueljaco
CONDESCENDÊNCIA COM BANDIDOS.
Condescendência com bandidos desde o governo Brizola E agora estes desovam suas letais guerras ...
Enviado por Migueljaco
em 23/09/2017 01:21:24
Textos deste autor
Offline
Migueljaco
DE FARRAPOS NÃO SE FAZ COLCHA ALGUMA.
De farrapos não se faz colcha alguma E certamente a costura é ineficiente Juntando trapos galga...
Enviado por Migueljaco
em 20/09/2017 03:08:26
Textos deste autor
Offline
Migueljaco
EM BUSCA DE COMPANHIA.
Sempre que o sol se levanta e desponta atrás da serra E o sereno molha a relva com o choro da m...
Enviado por Migueljaco
em 10/09/2017 23:09:43
Textos deste autor
Offline
RicardoC
DESSONHADORES
DESSONHADORES Alguns sonharam demasiado, Acordando sem saber onde. Hoje atiram para todo lado Pe...
Enviado por RicardoC
em 04/09/2017 02:13:53
Textos deste autor
Offline
ValdomiroPoeta
O AMOR QUE IDEALIZAMOS
O amor que idealizamos Já não podemos mais nos enganar Vamos viver o amor que imaginamos Sei qu...
Enviado por ValdomiroPoeta
em 27/08/2017 14:49:15
Textos deste autor
Offline
Lucineide
Além das montanhas
Além das montanhas Muito além das lindas montanhas Há um lugar bom para se viver, Com crianças...
Enviado por Lucineide
em 14/08/2017 09:06:41
Textos deste autor
Offline
Migueljaco
A GANÂNCIA.
Com suas garras afiadas e precisas, A ganância se apropria dos famintos Sai propagando dolorosa...
Enviado por Migueljaco
em 16/07/2017 19:18:04
Textos deste autor
Offline
Migueljaco
EM CADA DIA AMANHECIDO.
Em cada dia amanhecido nestes dias duvidosos, Em que entes criminosos se dizem os inocentes, E ...
Enviado por Migueljaco
em 27/05/2017 19:56:04
Textos deste autor
Offline
Migueljaco
CADA HOMEM TEM SEU PREÇO.
Cada homem tem seu preço o que varia é a moeda, Alguns deixam endereços outros habitam as treva...
Enviado por Migueljaco
em 24/05/2017 03:54:13
Textos deste autor
Offline
Migueljaco
TUAS PALAVRAS ME CONFORTAM.
Tuas palavras me confortam animam o meu tesão, Pois dizes abrir as portas e libertar o teu cora...
Enviado por Migueljaco
em 19/05/2017 15:48:45
Textos deste autor
Offline
Migueljaco
EXIBIDO NO FACEBOOK
Mais um estupro coletivo exibido no facebook Delinquentes doentios certamente nos insultam Como...
Enviado por Migueljaco
em 13/05/2017 01:23:30
Textos deste autor
Offline
Migueljaco
JÁ EXTRAI DO TEU VENENO.
Já extrai do teu veneno o antídoto que me salvou Ao me jurar o teu amor não abandonei meu remo,...
Enviado por Migueljaco
em 04/05/2017 03:09:35
(1) 2 3 4 ... 29 »