https://www.poetris.com/
Manuel Bandeira : Arte de Amar
em 17/11/2007 19:10:00 (22902 leituras)
Manuel Bandeira

Se queres sentir a felicidade de amar, esquece a tua alma.
A alma é que estraga o amor.
Só em Deus ela pode encontrar satisfação.
Não noutra alma.
Só em Deus - ou fora do mundo.


As almas são incomunicáveis.


Deixa o teu corpo entender-se com outro corpo.


Porque os corpos se entendem, mas as almas não.






**************************************************


Imprimir este poema Enviar este poema a um amigo Salvar este poema como PDF
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henrique Pedro
Publicado: 17/11/2007 19:15  Atualizado: 17/11/2007 19:15
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2007
Localidade:
Mensagens: 3821
 Re: Arte de Amar
Um grande...grande poeta, sem dúvida. Mas discordo! Só as almas se entendem...os corpos agridem-se...arranham-se! Bem...é isto que Manuel Bandeira quer dizer...

Links patrocinados

Visite também...