https://www.poetris.com/
João Cabral de Melo Neto : O aventureiro
em 28/02/2009 14:49:51 (5680 leituras)
João Cabral de Melo Neto

Às primeiras palavras que ela gritou
Fomos precipitados na sombra.
A sombra era doce e tinha suas vantagens:
Sports, cinema e os sinais de tráfego sempre abertos.
As palavras seguintes não foram palavras de dicionário.
Nos tiraram de lá e nos deixaram
As emoções irremediavelmente desertas.




*Não encontrei a fonte, se alguém souber, queira informar.

**************************************************


Imprimir este poema Enviar este poema a um amigo Salvar este poema como PDF
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Links patrocinados

Visite também...