https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Meu Céu branco

 
A terra esturricada
Greta na minha memória
Qual rachadura da terra à pele,
Qual desespero da lama no poço seco.
Escuta, meu céu branco
Dias a fio quando te penso,
No lenço,
Deposito um soluçar rangido.
No papel,
A minha alma desfolhada e seca,
Sedenta do teu sol agreste,
Do vento preguiçoso que passava comprido...
E das miragens que avistava
Naquele horizonte seco,
Mas vivo.


o mais importante não se conta, se constrói com o não dito, com o subentendido, a alusão”. (Piglia)[/color][/color]

 
Autor
Maria Verde
 
Texto
Data
Leituras
965
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
44 pontos
28
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Conceição Bernardino
Publicado: 06/10/2009 21:08  Atualizado: 06/10/2009 21:08
Colaborador
Usuário desde: 22/08/2009
Localidade: Porto
Mensagens: 3332
 Re: Meu Céu branco
o horizonte seco onde as lágrimas socorriam uma esperança em tons renovados de liberade.

beijo


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 06/10/2009 21:16  Atualizado: 06/10/2009 21:16
 Re: Meu Céu branco
Fantástico texto, semente que germina em qualquer terra seca.
E viva quem o escreveu.


Enviado por Tópico
cid
Publicado: 06/10/2009 21:19  Atualizado: 06/10/2009 21:19
Participativo
Usuário desde: 18/09/2009
Localidade:
Mensagens: 30
 Re: Meu Céu branco
simplesmente brilhante o quão se pode ver e sentir esses momentos escritos bjuss


Enviado por Tópico
Avozita
Publicado: 06/10/2009 21:35  Atualizado: 06/10/2009 21:35
Colaborador
Usuário desde: 08/07/2009
Localidade: Casal de Cambra - Lisboa
Mensagens: 4531
 Re: Meu Céu branco
Felizmente que vive para nos proporcionar a leitura de tão bons poemas.

Beijo

Antonieta


Enviado por Tópico
(re)velata
Publicado: 06/10/2009 21:42  Atualizado: 06/10/2009 21:42
Colaborador
Usuário desde: 23/02/2009
Localidade: Lagos
Mensagens: 2181
 Re: Meu Céu branco
Que linda fusão de imagens, Maria! E que original a imagem contrastante da secura: antes «viva», agora morta.

Beijinho


Enviado por Tópico
Moreno
Publicado: 06/10/2009 21:58  Atualizado: 06/10/2009 21:58
Colaborador
Usuário desde: 09/01/2009
Localidade:
Mensagens: 3486
 Re: Meu Céu branco
Como uma semente lançada à terra, ainda que seca, germinará...

abraço


Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 06/10/2009 22:10  Atualizado: 06/10/2009 22:10
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: Meu Céu branco
A terra,
os momentos inesqueciveis,
que varrem
a memória,
serão sempre pedaços de nós,
funcionarão nos nossos pensamentos
como estigmas.
Parabéns Poeta.
Ficou lindo!
Beijo
Vóny Ferreira


Enviado por Tópico
HelenDeRose
Publicado: 06/10/2009 22:14  Atualizado: 06/10/2009 22:14
Usuário desde: 06/08/2009
Localidade: Sorocaba - SP - Brasil
Mensagens: 2092
 Re: Meu Céu branco
Um, dos poemas mais bonitos que já tive o prazer de ler em sua página, Maria Verde.

*Meu favorito.

Bjo daqui da sua fã.


Enviado por Tópico
jaber
Publicado: 06/10/2009 22:15  Atualizado: 06/10/2009 22:15
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 2802
 Re: Meu Céu branco
Há sempre interpretações várias a uma mesma mensagem que se expressa. a minha fala de nostalgia e saudade...

beijo Maria


Enviado por Tópico
arfemo
Publicado: 07/10/2009 01:04  Atualizado: 07/10/2009 01:04
Colaborador
Usuário desde: 19/04/2009
Localidade:
Mensagens: 4812
 Re: Meu Céu branco
...as gretas da memória, na terra infecunda, se redimem se mesmo assim "vivem". belíssimo poema Maria verde

abraço fraterno
arfemo


Enviado por Tópico
gil de olive
Publicado: 07/10/2009 01:35  Atualizado: 07/10/2009 01:35
Colaborador
Usuário desde: 03/11/2007
Localidade: Campos do Jordão SP BR
Mensagens: 5046
 Re: Meu Céu branco
Pra mim seu texto ficou cor de rosa,muito bonito!


Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 07/10/2009 02:07  Atualizado: 07/10/2009 02:07
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: Meu Céu branco
Tantas e tantas vezes dá uma dor lá no fundinho,
levo daqui esse barulho que fica ao te ler.
Vou levar...Beijo querida.


Enviado por Tópico
ROMMA
Publicado: 07/10/2009 12:46  Atualizado: 07/10/2009 12:46
Colaborador
Usuário desde: 29/10/2008
Localidade:
Mensagens: 2462
 Re: Meu Céu branco
Porque minha teimosia apenas gosta mais de ver o belo :)) fico com a ultima:
"E das miragens que avistava
Naquele horizonte seco,
Mas vivo."
Beijos Maria Verde!
Romma


Enviado por Tópico
Edilson José
Publicado: 08/10/2009 18:01  Atualizado: 08/10/2009 18:01
Colaborador
Usuário desde: 12/04/2008
Localidade: SP
Mensagens: 5591
 Re: Meu Céu branco
Este poema é especial, dos melhores.
Conversa com os objetos e não desliza em folclorismos, o que é bastante comum ao se tratar de tal temática.
meus parabéns Maria
Abraço
Dill