https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Introspecção : 

Não é do mar (AjAraujo)

 
Tags:  AjAraujo    poeta humanista  
 
Open in new window

Quando vejo uma nau à distância
Chego bem próximo ao cais
Os olhos saltam-me das órbitas
E mergulham no mar que chama...

Os meus sonhos dissipam-se
Como fumaça ou nevoeiro
E quando volto a enxergar
Já não existe nau - só o mar

Os meus sonhos, a minha vida
Nada trouxe do mar, vim da serra
Como náufrago perdido no horizonte,
Um porto seguro, eis que diviso enfim...

AjAraújo, o poeta humanista.

Foto: Por de sol visto do Morro do Pão de Açucar, Rio de Janeiro.
 
Autor
AjAraujo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
545
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
poesiadeneno
Publicado: 22/10/2009 11:25  Atualizado: 22/10/2009 11:25
Colaborador
Usuário desde: 27/06/2009
Localidade:
Mensagens: 1407
 Re: Não é do mar...
AjAraujo,

O poema/vida é feita de pormenores.
Apreciei.



Abraço