https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Romanesco

 
Romanesco

Oh!Amada dos brunos espectros!
Solfejo-me em teus sons obsoletos
Nada oblatas a mim. Teus estros
Obliteram meus escritos completos

Idolatro-te na pulcra paisagem
Negas-me teu ósculo pervertido
Espero-te dama de cortês linhagem
Não chegas... Sal do meu olhar vertido

Sou uma sombra sem lucidez
Romântico em minhas quimeras
Bordo constelações em tua tez
Utopias de arcaicas primaveras

Divina dama de funéreas vestiduras
Alça voejo de teu torreão aprumado
Digna-te a oferendas de tuas ternuras
Sou um reles cavalheiro apaixonado!

Tentativa 1ª de poesia retrô.

Denise de Souza Severgnini


Abraços fraternais da Denise

"És responsável por aquilo que cativas."
Open in new window

 
Autor
DENISESEVERGNINI
 
Texto
Data
Leituras
465
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
antóniocasado
Publicado: 12/01/2010 17:19  Atualizado: 12/01/2010 17:19
Colaborador
Usuário desde: 29/11/2009
Localidade:
Mensagens: 1657
 Re: Romanesco
Ola

Amores quase platónicos resultam assim.Um romance digno de Almeida Garret.

Gostei.

antóniocasado