https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

01 DE ABRIL, QUE SE ABRAM AS MENTES.

 

Nada te trazes
E nem afugenta da frente
Trago te sem querer
Entre magoas recentes,
De uma dor
Que não sabe parar
De um coração
Que não sabe bater diferente
Queria te esquecer
Queria me esquecer
E assim limpar esta mente.
Sou um ausente
De um corpo ocupado
Sou inocente
De uma alma e sua culpa,
Onde sobram palavras
Mas falta coragem
Onde existem segredos
Ocultando as verdades,
Nada como um desastre e
Desaprender a te amar
Ou quem sabe um milagre e
Conseguir conquistar,
Conquistas, conquista ou conquistas
Desisto e a esqueço se conseguir
Ou esqueço e desisto desta vida.

Fim cristiana em 01/04/2010

 
Autor
crissales
Autor
 
Texto
Data
Leituras
477
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.