https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

PEDAÇOS.

 
Hoje não vou falar de amor
Apenas dos pássaros que voam sobre minhas idéias.
Não, não falarei de amor, Nem o pensarei apenas me lembrarei de ler palavras ainda não escritas.
Nada de pensar no amor, Na verdade nada de nada apenas nadar sobre a água que embora turve meu olhar, não me cega.
Hoje não falarei de amor, nem mesmo amanhã, alias não falarei nunca,
Apenas ouvirei algo se alguém me algo falar.
Esta resolvido, hoje definitivamente não falarei de amor, e, por favor, me façam um favor de não falar.
Qualquer palavra dita ou escrita tem que ser pensada, não me falem do amor, não balbuciem ou soletrem tal palavra,
Quero esquecer, preciso esquecer que o amor existe,
Antes que me esqueça que eu existo.
Por isso não, jamais, nunca falarei do amor, a não ser que ele fale de mim para ela.

Fim Cristiana em 18/03/2010

(sega com s, realmente o amor nos cega.)desculpem o erro de ortografia.

 
Autor
crissales
Autor
 
Texto
Data
Leituras
832
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
laroche_l
Publicado: 19/03/2010 02:55  Atualizado: 19/03/2010 02:55
Colaborador
Usuário desde: 26/02/2010
Localidade:
Mensagens: 706
 Re: PEDAÇOS.
As palavras de Amor sempre são a mais, porque sãode menos. Gostei destea liberdade, de um recoçher de pedaços, quiçá escombros, mas sem assombros, sem a tentação de sofrer. Parabéns.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 18/07/2012 23:26  Atualizado: 18/07/2012 23:26
 Re: PEDAÇOS.
Que belíssima negação....falaste tanto do que não se soletra....inteligente,gostei muito.Beijo