https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Queria ser criança

 
Ao ver-me passar da mocidade
Sinto saudades da minha infância
Por não ter mais aquela tolerância
Nem que eu tivesse já maldade.

E assim desiludida com a idade
Embora viva como era em criança
Hoje, eu sou feliz só de lembrança
E comigo viverá esta saudade.

E quem me dera ser criança novamente
Para eu me achar com tudo indiferente
E fosse crescendo, mas sem vaidade.

Para eu ver um mundo bem diferente
Do passado nasce em mim esta vontade
De ser criança e fazer mal, sem maldade.

 
Autor
mariagomes
 
Texto
Data
Leituras
2054
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
4
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
arfemo
Publicado: 05/05/2010 21:54  Atualizado: 05/05/2010 21:54
Colaborador
Usuário desde: 19/04/2009
Localidade:
Mensagens: 4812
 Re: Queria ser criança
...desculpe a ousadia, mas sinto em si uma certa paz consigo mesma, que muito aprecio e que raro...
depois o poema (bem como a restante poesia) é delicada, sensível e inteligente...

bj
arfemo

Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 05/05/2010 22:05  Atualizado: 05/05/2010 22:05
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 12082
 Re: Queria ser criança
Que bom que seria se o mundo fosse a mente aberta de uma criança, como não é resta o sonho do poeta e mentes leves que escrevem...

Gostei muito deste

Beijinhos

Enviado por Tópico
eduardas
Publicado: 05/05/2010 22:12  Atualizado: 05/05/2010 22:12
Colaborador
Usuário desde: 19/10/2008
Localidade: Lisboa
Mensagens: 3731
 Re: Queria ser criança p/mariagomes
...e como é agradável sentir essa paz, essa calma que nos transmites, mesmo indo buscar as lembranças da infãncia.

bj
Eduarda

Enviado por Tópico
saozinha
Publicado: 05/05/2010 22:19  Atualizado: 05/05/2010 22:19
Colaborador
Usuário desde: 09/08/2008
Localidade:
Mensagens: 1606
 Re: Queria ser criança
Maria.

Lindo o soneto,que nos acalma e nso transporta num momento a um tempo que nos afaga e acalma.

Beijo