https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

JOGA NO LIXO Ó POETA (dedicado, com agradecimentos, a josé torres)

 
Tags:  lixo    carladibagio    José Torres  
 
Joga no lixo, ó Poeta

Para Jose Torres
em agradecimento ao poema em "ão",
que gentilmente me dedicou.


Olha que fofo cãozinho
Veio lamber minha mão.
Gosto imenso do carinho
Desse belo meninão!

Como homem és bonito,
Mas, como gente... nem tanto!
Porque acho bem esquisito
E causa-me assaz espanto

Essa tua boca gostosa
Cuspir tanto nome feio
E sujar telhado alheio

De maneira desastrosa.
Essa raiva que te espeta
Joga no lixo, ó poeta!


CarlaDiBagio



Video do Youtube
voz Maria Bethania - Sonho impossivel.
Fotos da net
 
Autor
CarlaDiBagio
 
Texto
Data
Leituras
1720
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.