https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Amor Vicejo

 
Sempre que me vejo
Penso o quanto me desejo
A sorte de um doce beijo
Goiabada, assim, com queijo
Só me falta um cortejo
Que ponha em prosa o que almejo
Eu, você, num só festejo
Timidez é meu manquejo
A qual desfaço com gracejo
E nossa vida já planejo
Sonho até com o lugarejo
E a cor azul do azulejo
E é por isto que antevejo
Que uso todo o meu traquejo
Toco até o realejo
Ou em cordas um arpejo
Danço e mostro meu molejo
Se é de antes que te elejo
Inspiração do meu versejo
No meu peito te protejo
Te embalo e até bocejo
Ou me acendo em relampejo
Não adianta seu boquejo
Se te amo e lacrimejo
Assim, por esse amor vicejo


Mário Piccarelli

 
Autor
Mario Piccarelli
 
Texto
Data
Leituras
645
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Paloma Stella
Publicado: 01/08/2007 13:42  Atualizado: 01/08/2007 13:42
Colaborador
Usuário desde: 23/07/2006
Localidade: Barueri - SP
Mensagens: 3514
 Re: Amor Vicejo
Bela construção de um poema forte.

Algo assim da alma até a morte.

Seja muito bem Vindo à Luso-Poemas, Fico Feliz que tenha aceito meu convite.


Beijinhos