https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Introspecção

 
Introspecção

Sobrancelhas arreadas torneiam os olhos
Ardentes de choro já sem lagrimas
Pousam a amargura e o desespero
Nos sombrios porões que guardam as lembranças
Figuras embalsamadas desfilam para o fogo
Vão derretendo, seus gritos ecoam em lamentos
No fundo íntimo que governa o instinto
Da boca que saí o grito, dentes espatifam
A pele se estica abre as feridas
No arrepio do tormento monstros assanham os cabelos
Desfigurada figura pena por entre paredes
No espelho gagueja qualquer coisa
Já não tem hora marcada para a beleza
No canto da parede um jarro de flores agoniza
Em pedaços pétalas espalhadas vermelhas iradas
Todas as almas explodem em gargalhadas.

Jamaveira®


Jamaveira - O medo escraviza a Alma

 
Autor
jamaveira
Autor
 
Texto
Data
Leituras
559
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
20 pontos
4
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
carolcarolina
Publicado: 08/09/2010 17:15  Atualizado: 08/09/2010 17:15
Colaborador
Usuário desde: 24/01/2010
Localidade: RS/Brasil
Mensagens: 9297
 Re: Introspecção
Poeta Jamaveira!

Quanta coisa escondida no íntimo!
Tomara ser somente cosias de poeta.
Arrepiante de ler rsrsrs.
O senhor estava sumido e aparece horrorizando.

Bjo no seu coração
♫Carol

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 08/09/2010 17:56  Atualizado: 08/09/2010 17:56
 Re: Introspecção
olá jamaveira,

este é daqueles que não se explicam sentem-se...divinal

beijo

Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 10/09/2010 01:36  Atualizado: 10/09/2010 01:36
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: Introspecção
O final causa um impacto. Parabens pelo poema. Favorito. bjs

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 17/09/2010 18:24  Atualizado: 17/09/2010 18:24
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14956
 Re: Introspecção p/ jamaveira
Olá caro poeta amigo

Adorei a explosão de sentimentos
que aqui tão bem descreve...

Beijinhos no coração