Poemas : 

Amigos

 
Um dia quando ainda era criança

Disseram-me que iria crescer

Que iria conhecer várias pessoas

Umas para toda a vida

Outras apenas de passagem

Umas deixariam um pedaço delas

Outras levariam um pedaço de mim

Umas sorririam

Outras fariam com que eu esboçasse um sorriso



Mas nunca me deram a conhecer palavras como

Falsidade, sofrimento, tristeza e desilusão

Apenas me foi apresentado o céu azul

Nunca o céu negro cerrado pelos trovões

A doce primavera

E não o inverno



Nunca me disseram que me poderiam esquecer

Que por motivos inaceitaveis ou desconhecidos nos iamos separar

Que poderiam cruzar-se comigo na rua e terem medo de me saudar



Os destinos separam-se...

Apenas a união de dois deles

Ou o triste fado de um outro nos voltasse a unir

E aí seriam trocados contactos

Para reviver memórias passadas

E trocar experiencias futuras



Mas tudo volta ao mesmo ciclo vicioso

Os numeros trocados, não passam de mais um papel no amontoado de todas aquelas memórias

Que o tempo nos faz esquecer, ou ter medo de arriscar

É assim mesmo

A amizade??

Aih a amizade...o que raio é? trocas de sinceridade e partilha eterna?

Bluff...Bluff...



Provavelmente quando enfrentarmos as encruzilhadas do destino

Seguiremos destinos diferentes

Mas nada me fará mais feliz

Se aquele trilho for partilhado com mais alguem

Cujo nome, o numero de telefone nao fique apenas no papel

Mas sim no pensamento e num presente comum



Cathia Chumbo


Cathia Chumbo

 
Autor
Cathia
Autor
 
Texto
Data
Leituras
5015
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.