https://www.poetris.com/
 
Contos -> Infantis : 

Convite a todos poetas

 
Tags:  Os Buracos do Tatu  
 
Esta história aconteceu na floresta, há muito tempo atrás...
Vivia aí um Tatu, que adorava cavar buracos.
O Tatu tinha a mania de cavar mais buracos do que precisava para morar e houve uma ocasião, em que passando por ali uma Raposa do Campo, esta quebrou uma de suas patas e ficou muito brava!
A Raposa não gostou do acontecido e quando descobriu qual era o Tatu responsável pela buraqueira naquela floresta, declarou a todos os animais, que enquanto não pegasse o Tatu, não sossegaria...
Sabendo disto, o Tatu tratou logo de fazer mais outros buracos para se esconder.
Um dia a Raposa descobriu a toca do Tatu. Ficou ali esperando o Tatu sair para agarrá-lo e come-lo.
Mas o Tatu cavou mais que depressa outro buraco, fazendo assim um túnel, que tornou este o seu esconderijo predileto.
Percebendo que tinha sido enganada, a Raposa brava e persistente, convida o Cangambá para auxiliá-la num plano de caça ao Tatu.
Este concordou, mas fez a Raposa prometer que não iria comer o Tatu!
Sendo assim, combinado um bom plano, esperaram o Tatu entrar no túnel.
Quando o Tatu chegou e entrou no buraco, a Raposa avisou ao Cangambá que foi correndo entrar pelo outro lado do túnel e exalou seu cheiro insuportável!
O Tatu sentindo o fedor do Cangambá e desatento saiu correndo depressa para fora da toca, caindo assim sem perceber, na armadilha da Raposa do Campo,
E foi direto parar na boca da Raposa!
Na floresta, um bicho sempre come outro bicho!
E senão fosse o Cangambá chegar bem a tempo!
Nesta hora, o Tatu já estaria na barriga da Raposa!
A Raposa do Campo brigou muito com o Tatu e como o combinado com o Cangambá, deixou-o livre!
O Tatu depois do susto prometeu que a partir daquele dia, só faria buracos na floresta necessários para sua dormida, e se desculpou por ter causando tantas quedas e patas feridas!
O Cangambá satisfeito foi-se embora para bem longe da Raposa!
E a Raposa do Campo, ficou feliz com o ocorrido, e saiu dizendo para todo mundo que entocou o Tatu afinal!
Mas ela ainda está com muita fome...!
E por isso... Cuidado! Foge o Tatu!
Porque na floresta, Tem muito bicho que derruba outro bicho!
Não é Raposa?

Personagens: Cangambá - Grupo dos Marsupiais - Um carnívoro que pode esguichar um líquido muito fedorento. Bichinho preto com manchas brancas com um rabo comprido e peludo.Gostam de viver nas florestas, em cima das árvores ou no chão. Durante o dia eles dormem e de noite eles aparecem para comer frutos, insetos e outros animais. Os gambás e cuícas são brasileiros parentes do canguru, encontrado na Austrália.
Tatu - Grupo dos Desdentados - Têm o corpo coberto de placas duras que formam uma carapaça e dobras onde é mais mole, permitindo que dobre o corpo. Usam as garras, principalmente as patas da frente , para cavar, com grande rapidez, as tocas onde moram. Comem insetos, minhocas e até carniça.
Raposa do campo-Grupo dos Carnívoros - São bichos pequenos, com meio metro de comprimento, pêlo cinza escuro. Moram em tocas construídas por outros mamíferos. São vistas à noite, no cerrado procurando pequenos animais ou frutos para comer.


Diana Balis

Vejam as fotos http://dianabalis.blogtok.com/galeria/imagem/19408Gisele Santana conta essa história na Rádio Nacional, Rádio Maluca, Rio de Janeiro dia 6/11/2010.
 
Autor
DianaBalis
 
Texto
Data
Leituras
1486
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 08/11/2010 13:52  Atualizado: 08/11/2010 13:52
 Re: Convite a todos poetas
Uma raposa de palavra
Um gamba fedorento
Um tatu de sorte
Uma poetisa que agente gosta


Abraços