https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Porque não lês os olhos que se abrem á tua volta

 
Porque não lês os olhos que se abrem á tua volta
Olho as casas alinhadas sobre a linha de água dos olhos. De repente um corpo atira-se e acende-se a luz da eternidade ou como alguém comenta mais uma alma entregue ao inferno. Não suportas a tua vida, mas porque não lês os olhos que se abrem á tua volta, olha os frutos e o vento que os saboreia. Tu não precisas das minhas mãos para que te aponte uma direcção, sou eu que preciso de te ver respirar, de te pedir que não morras, a terra precisa de ter raízes, nós somos essa força, essa linguagem que não precisa de se justificar. Se tu morreres, que seja a morte necessária, essa que dá expressão ao amor dentro de ti, ao amor além de ti.
Lobo 05

 
Autor
lobodaescrita
 
Texto
Data
Leituras
957
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
29 pontos
3
1
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Karla Bardanza
Publicado: 27/11/2010 23:41  Atualizado: 27/11/2010 23:41
Colaborador
Usuário desde: 24/06/2007
Localidade:
Mensagens: 3491
 Re: Porque não lês os olhos que se abrem á tua volta
Lindo.Levo comigo.

Karla B

Enviado por Tópico
TrabisDeMentia
Publicado: 27/11/2010 23:50  Atualizado: 27/11/2010 23:50
Webmaster
Usuário desde: 25/01/2006
Localidade: Bombarral
Mensagens: 2265
 Re: Porque não lês os olhos que se abrem á tua volta
Tão expressivo que fico sem jeito para o comentar.
Levo também, obrigado.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/10/2014 04:23  Atualizado: 05/10/2014 04:23
 Re: Porque não lês os olhos que se abrem á tua volta
poxa palavras assim torna bem dificílimo alguém querer se matar, vc escreve assim numa tranquilidade tão segura q vai fundo no entendimento,favoritei,valeu mesmo!