https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

RECEIOS NÃO TENHO MAIS

 
Tags:  renovação    receios  
 


Gê Muniz

RECEIOS NÃO TENHO MAIS

O pior que mesmo viria
Pior ainda mesmo veio
Porém, o que veio, já foi

Sumiu n'um instante fugaz...

Sem freio, a manhã rasteira
Caiu parida de sol ao meio
E moldou meu rosto n'um brilho...

Meu peito arfou de paz...

Que um raio de alvor escapou
Do negror dos velhos receios
E rebentou em nova aurora

Receios... Não tenho mais.


Gê Muniz
 
Autor
GeMuniz
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1039
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
22 pontos
22
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/01/2011 15:54  Atualizado: 26/01/2011 15:54
 Re: RECEIOS NÃO TENHO MAIS
É bom viver com coragem e não ter receios, eu também não tenho receios de nada, a não ser o receio da morte que a gente nunca quer que venha cedo. Quando se fica doente, nunca se quer morrer nessa altura, é o receio nesse sentido, adiar a morte o mais possível...

Abraço

MÁRCIA ROSAS


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/01/2011 15:59  Atualizado: 26/01/2011 15:59
 Re: RECEIOS NÃO TENHO MAIS
Estimado GÊ, teu poema reflete um estado psiquico e de espirito positivo, que aborta os temores e vai parindo as alegrias...Muito bom sentir-se assim...Parabéns, gostei demais. Bjs


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 26/01/2011 16:13  Atualizado: 26/01/2011 16:13
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29222
 Re: RECEIOS NÃO TENHO MAIS
Recio é medo do acntecer, uma maravilha, deixo meu abraço...........Martisns


Enviado por Tópico
JBMendes
Publicado: 26/01/2011 16:25  Atualizado: 26/01/2011 16:25
Colaborador
Usuário desde: 13/02/2010
Localidade:
Mensagens: 5222
 Re: RECEIOS NÃO TENHO MAIS
Caro Gâ - Belo poema, com coragem moral...
Um abraço fraterno.
JBMendes


Enviado por Tópico
MelMartins
Publicado: 26/01/2011 17:21  Atualizado: 26/01/2011 17:21
Colaborador
Usuário desde: 02/06/2010
Localidade:
Mensagens: 941
 Re: RECEIOS NÃO TENHO MAIS
Ficar aqui e contemplar o teu estado de alma é magnífico, estampado aqui nestas letras que como amor jorram do teu coração, que flutua nesta paz que agora te inunda nesta lucidez que te embriaga e se aprofunda nesta explosão da aurora.

Gosto tanto de te ler nesta suavidade.

Gosto de te saber feliz meu amigo.

Beijos

Alice Barros


Enviado por Tópico
Transversal
Publicado: 26/01/2011 18:34  Atualizado: 26/01/2011 18:34
Colaborador
Usuário desde: 02/01/2011
Localidade: Fortaleza - Lisboa
Mensagens: 3687
 Re: RECEIOS NÃO TENHO MAIS
hum..."receios não tenho mais..."...mas..."sem freio"..."pior ainda mesmo veio"...ou...foi... receios?...quem...os...não tem?...(que...atire a...primeira...pedra..)
Gostei...bastante...


Abraço te.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/01/2011 19:37  Atualizado: 26/01/2011 19:37
 Re: RECEIOS NÃO TENHO MAIS
belo poema parabens abraços


Enviado por Tópico
Edilson José
Publicado: 26/01/2011 20:24  Atualizado: 26/01/2011 20:24
Colaborador
Usuário desde: 12/04/2008
Localidade: SP
Mensagens: 5591
 Re: RECEIOS NÃO TENHO MAIS
quando se atinge este estado, brinca-se - no bom sentido- até com a vida.

gostei do poema!

abraço camarada,
edilson


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/01/2011 21:56  Atualizado: 26/01/2011 21:57
 Re: RECEIOS NÃO TENHO MAIS
além de concordar em pinceladas com cada comentário posto. adiro o meu dizendo do ritmo/melodia que estabeleceste nos versos. gostei parceiro.

abração Gê.



Enviado por Tópico
AuroraRosado
Publicado: 26/01/2011 22:33  Atualizado: 26/01/2011 22:33
Colaborador
Usuário desde: 18/03/2010
Localidade:
Mensagens: 623
 Re: RECEIOS NÃO TENHO MAIS
Um poema com muitas leituras que cada leitor pode "vestir" como quiser. Gostei.
Bj


Enviado por Tópico
carolcarolina
Publicado: 27/01/2011 00:42  Atualizado: 27/01/2011 00:42
Colaborador
Usuário desde: 24/01/2010
Localidade: RS/Brasil
Mensagens: 9297
 Re: RECEIOS NÃO TENHO MAIS
Amigo Poeta
Gê!

Olha poeta meus parabéns, viver sem receios não é para qualquer um.
Gostei do poema!
Bjos
Carol