Poemas : 

Amanhã

 
Tags:  amor    paixão    sonho    futuro    amanhã    crença  
 
Fecho os olhos e imagino um amanhã diferente,
Um amanhã no qual sorrio e sou finalmente feliz,
Não passa de um cenário, uma construção da minha mente,
Não passa de um sonho em que tenho aquilo que sempre quis.

Mas não me impeço de sonhar com esta impossibilidade,
Não me canso de tentar evitar toda a dor que a mim provoco,
Se o podia fazer? Podia, é essa a dura e pura verdade,
Podia evitar as lágrimas que através deste poema evoco.

O meu sonho és tu: o teu ser, a tua tão imensa perfeição,
E eu convenço-me que amanhã por ti serei amado,
Quando na realidade apenas eu te amo, imensurável paixão,
Enquanto tu nem dás por mim quando passo a teu lado.

 
Autor
DanielPaiva
 
Texto
Data
Leituras
1082
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.