https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

espera

 
Tags:  amor    alma    voar    quimera  
 
Minha vida é esperar
(e o mundo sem razão)
minha vida é contar
quantas tábuas tem o chão.

E sol nasce
e sol se pôe
enquanto gente nasce
o amor depõe,

Redime

Todas as culpas
e desculpas
sem regime,
sem culpado.

[perdoa]

do pecado
de não ser-te ao teu lado.

por, apenas por:


A razão não ser pouca
embora a vontade, louca.



Ana Lyra

 
Autor
anakosby
Autor
 
Texto
Data
Leituras
3408
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
42 pontos
16
1
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
ALLANESTARNEK
Publicado: 31/01/2011 12:41  Atualizado: 31/01/2011 12:41
Novo Membro
Usuário desde: 11/10/2009
Localidade:
Mensagens: 10
 Re: espera
Muito lindo, parabéns.


Enviado por Tópico
msrdany
Publicado: 31/01/2011 12:50  Atualizado: 31/01/2011 12:50
Da casa!
Usuário desde: 18/10/2010
Localidade: Monte Carmelo - MG
Mensagens: 392
 Re: espera
Lindo poema. Se esperar demais talvez nunca chegarás a você mas se já estas cansada desta espera corra atrás.
Abraço.

Enviado por Tópico
JOSÉMANUELBRAZÃO
Publicado: 31/01/2011 12:54  Atualizado: 31/01/2011 12:54
Colaborador
Usuário desde: 02/11/2009
Localidade: Lisboa, PORTUGAL
Mensagens: 7775
 Re: espera
Gostei muito, Ana!

Beijo do ZÉ

Enviado por Tópico
Julio Saraiva
Publicado: 31/01/2011 13:25  Atualizado: 31/01/2011 13:25
Colaborador
Usuário desde: 13/10/2007
Localidade: São Paulo- Brasil
Mensagens: 4206
 Re: esperap/ana
eu queria roubar a primeira quadra. o todo do poema é lindo. mas a primeira quadra, apesar das rimas em ar e ão, que são as mais fáceis, é um achado, porque se percebe que não são forçadas.

afeto,

j.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 31/01/2011 14:28  Atualizado: 31/01/2011 14:28
 Re: espera
Olá, minha amiga! Como nos velhos tempos, cá estamos novamente...rs. Lindo poema, tua inspiração é demais!Parabéns!

ps: vc me ligou outro dia? Eu estava mimindo, só vi tua chamada à noite... Foi mal.

saudades!!!
beijossss

Enviado por Tópico
Henricabilio
Publicado: 31/01/2011 14:36  Atualizado: 31/01/2011 14:36
Colaborador
Usuário desde: 02/04/2009
Localidade: Caldas da Rainha - Portugal
Mensagens: 6963
 Re: espera
A vontade
há-de
criar a sua
realidade
nua!

Saudações!

Abilio*

Enviado por Tópico
Angela.Rolim
Publicado: 31/01/2011 14:49  Atualizado: 31/01/2011 14:49
Colaborador
Usuário desde: 11/11/2010
Localidade:
Mensagens: 1162
 Re: espera
Maravilhosa inspiração e bem fiados versos com a marca da sensibilidade e do talento da grande poetisa que és!

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 31/01/2011 16:10  Atualizado: 31/01/2011 16:11
 Re: espera
Sempre muito bom ler-te.
abraços

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 31/01/2011 16:43  Atualizado: 31/01/2011 16:43
 Re: espera
Valeu Aninha,siga com vontade louca,beijo no seu coração.


fabio

Enviado por Tópico
Conceição Bernardino
Publicado: 05/02/2011 21:16  Atualizado: 05/02/2011 21:16
Colaborador
Usuário desde: 22/08/2009
Localidade: Porto
Mensagens: 3332
 Re: espera
Olá Ana,

este poema é de uma beleza impar.

desculpa a minha ausência, beijo

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 08/02/2011 11:05  Atualizado: 08/02/2011 11:05
 Re: espera
*Razão e vontade, esperas e esperas...
Sinto-me assim tantas vezes, numa espera infinda, de algo que nem sei o quê!
Tocas-me.
Beijo e carinho
Ka*

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 08/05/2011 13:31  Atualizado: 08/05/2011 13:31
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11186
 Re: espera
Ana,
Belo jogo de palavras.
Beijinhos com saudades.
Nanda

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 19/06/2011 07:34  Atualizado: 19/06/2011 07:34
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11186
 Re: espera
Anakosby,
Querida é um voar da alma por entre as veredas da fantasia e da emoção.
Beijinhos
Nanda

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 31/07/2011 22:18  Atualizado: 31/07/2011 22:18
 Re: espera - Para Ana
Muito bom!

"A razão não ser pouca
embora a vontade, louca."