https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Simples

 
Tags:  amor    alma    voar    quimera  
 
flutuar na vida, ser uma nave louca perder-se na atmosfera, da tua boca, voar enquanto gira a esfera, castigada pelo tempo, esta besta fera que não espera, apenas segue sem parar, mas afinal, que mais importa além de abrir a porta e deixar entrar, esse apressado verbo amar? (e conjugar sem motivo, este verbo trasitivo como se fosse instintivo, como se aspirar o ar...)


Ana Lyra

 
Autor
anakosby
Autor
 
Texto
Data
Leituras
3436
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
6
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Transversal
Publicado: 31/01/2011 04:38  Atualizado: 31/01/2011 04:38
Colaborador
Usuário desde: 02/01/2011
Localidade: Fortaleza - Lisboa
Mensagens: 3687
 Re: Simples
"na vida"..."voar"..."esta besta fera...apenas segue sem parar"..."que mais importa"..."esse apressado verbo amar?"..."como se aspirar o ar..."

Gostei de "Simples"..."como se fosse instintivo"


Abraço te.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 31/01/2011 10:11  Atualizado: 31/01/2011 10:11
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29264
 Re: Simples
QUANTA MARAVILHA NESSE POETAR, DEIXO MEU ABRAÇO.

MARTISNS

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 31/01/2011 12:36  Atualizado: 31/01/2011 12:36
 Re: Simples
gostei do poema parabens bjs

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 08/02/2011 11:02  Atualizado: 08/02/2011 11:02
 Re: Simples
*De fato, o que mais importa do que conjugar esse verbo amar?
Perfeito Ana!
Muito bom ler-te!
Carinho
Ka*

Enviado por Tópico
sandrafuentes
Publicado: 04/03/2011 01:21  Atualizado: 04/03/2011 01:21
Super Participativo
Usuário desde: 22/07/2009
Localidade:
Mensagens: 118
 Re: Simples
Estou adorando! É uma viagem...
Parabéns!

Enviado por Tópico
antóniobotelho
Publicado: 26/03/2011 01:49  Atualizado: 26/03/2011 01:49
Da casa!
Usuário desde: 13/04/2010
Localidade: Aguiar da Beira - Guarda
Mensagens: 312
 Re: Simples
Caríssima Ana,
Obrigado por este excelente poema, tão intenso e criativo!
Cumprimentos poéticos,

António Botelho