https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Não Sou, em Nada, uma Unidade

 
Tags:  Augusto A. Colares  
 
Não sou, em nada, uma unidade.

Não reconheço nos humanos um que assim o seja.

Diversidade interior é condição de toda gente.

Carnalmente únicos,
mas em quantas variegadas personalidades...

Todas pleiteiam reconhecimento ao externo.

Todas se contradizem, esmurram-se.

Todas desconhecem as outras coexistentes.

Todas se autodenominam por igual nome...

Nem sei qual delas me rabisca o papel agora
e se esta garatuja palavras coerentes.

Vislumbro meus olhos a olharem por elas.

Ou serão elas que em meus olhos me vêem?


B.H. - 14.09.2010





Augusto Alfeu Colares

 
Autor
Augusto.Colares
 
Texto
Data
Leituras
502
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.