https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

PERCEBER NO INFINITO, O FINITO

 
Tags:  Augusto A. Colares  
 
Percebi no infinito, o finito.
Vislumbrei um deus na criatura.
Um paraíso criei
só para mim:
Fiz intuído do absoluto
que em si mesmo
é um indevoluto sim
- ou então não existe -

Ah, grande alma que me desperta...
Ah, eternidade que me espera...
Ah, divindade materna,
cândida e terna
de coração virgem e,
para sempre, deusa fecunda...

Tu és o objeto de todos os meus votos,
razão de todo o meu fim:
ah, minha filha querida
- filha que em carne não existe -;
Filha que é cria de todo este amor
que nasce em mim.

B.H. 23-09-2010


Augusto Alfeu Colares

 
Autor
Augusto.Colares
 
Texto
Data
Leituras
1017
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
2
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 22/02/2011 00:27  Atualizado: 22/02/2011 00:27
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: PERCEBER NO INFINITO, O FINITO
Um poema para aplaudir... bjs