https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

EU NÃO SOU CACHORRO, NÃO

 
Tags:  viver    ser    latir  
 


Gê Muniz

EU NÃO SOU CACHORRO, NÃO

Procurar no “eu”
Um “nós” latente.

Latir.
Latir certa voz.
Uma voz inconteste de “gente”.

Jamais deixar
De depositar confiança
No humano poder
(Do querer inerente).

Como vós
Ao quarto, quando,
A sós,
Latis
Ganidos de contente
Sabendo-vos, de todos, diferente...

Dane-se a febre pobre
De ser feliz
Adentro às grades
De canis.

Ser ou não ser cão...
Ser ou não ser coerente...

Porém reconhecer-se
N'algum sabor
A ser do próprio, o próprio senhor

Tornar-se, de si,
O ator,
A atriz
Sem atos falhos com falas falhas
Na ribalta apagada da noite farta
De olhar a lua fátua a se repetir...

Eis a ladração intermitente
D’um típico
Hamlet
Indigente

Até esta provação toda se ir
Por vozes em falsetes
Sem público
Sem tietes...

Em mim, em vós
Devem sangrar dos torniquetes
Poemas nada sutis
Longe dos modos gentis
De Sheakespeare
 
Autor
GeMuniz
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1804
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
36 pontos
20
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 18/02/2011 23:10  Atualizado: 18/02/2011 23:10
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 15132
 Re: POEMA NADA SUTIL
Gosto muito de passear nas suas linhas e viajar nesse nave fabulosa que é a sua poesia, amigão. Mais um que aplaudo de pé e acolho como que se fosse gerado por mim. Abraços e tudo de bom!


Enviado por Tópico
Tânia Mara Camargo
Publicado: 18/02/2011 23:20  Atualizado: 18/02/2011 23:20
Colaborador
Usuário desde: 11/09/2007
Localidade:
Mensagens: 4263
 Re: POEMA NADA SUTIL
um poema com a marca Gê Muniz e me é
suficiente, descanse em paz o Sheakespeare.
bjs


Enviado por Tópico
Angela.Rolim
Publicado: 19/02/2011 03:47  Atualizado: 19/02/2011 03:47
Colaborador
Usuário desde: 11/11/2010
Localidade:
Mensagens: 1162
 Re: EU NÃO SOU CACHORRO, NÃO
Gosto de seus criativos escritos e este está uma maravilha! Agradeço às leituras e os gentis comentários deixados em minha página!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 19/02/2011 11:31  Atualizado: 19/02/2011 11:31
 Re: EU NÃO SOU CACHORRO, NÃO
Sabe, palavras poucas para descrever a beleza e o sentido... Perfeito...

Beijo enorme. Fico!


Enviado por Tópico
KássiaReis
Publicado: 20/02/2011 02:38  Atualizado: 20/02/2011 02:38
Da casa!
Usuário desde: 11/07/2010
Localidade: São Paulo -SP
Mensagens: 255
 Re: EU NÃO SOU CACHORRO, NÃO
"Dane-se a febre pobre/De ser feliz/ Adentro às grades/De canis..."
"Em mim, em vós/ Devem sangrar dos torniquetes/ Poemas nada sutis..."
Bravo!!
Adorei, Gê!
Parabéns!


Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 20/02/2011 19:47  Atualizado: 20/02/2011 19:47
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: EU NÃO SOU CACHORRO, NÃO
poderia morrer aqui e agora, sem me importar... bjs


Enviado por Tópico
Amora
Publicado: 20/02/2011 20:10  Atualizado: 20/02/2011 20:10
Colaborador
Usuário desde: 08/02/2008
Localidade: Brasil
Mensagens: 4763
 Re: EU NÃO SOU CACHORRO, NÃO
Eu quase fui, Gê, me embrenhar na poesia do Valdik Soriano, mas, claro, foi um deslize. Não, não foi.Foi só a sensibilidade em alta, coisa que você faz despertar com a sua escrita.

Beijo.


Enviado por Tópico
arfemo
Publicado: 20/02/2011 21:04  Atualizado: 20/02/2011 21:04
Colaborador
Usuário desde: 19/04/2009
Localidade:
Mensagens: 4812
 Re: EU NÃO SOU CACHORRO, NÃO
Bom voltar, também para te ler, sempre na procura da criatividade e do bom gosto,mesmo que agreste...abraço


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 20/02/2011 21:37  Atualizado: 08/09/2012 22:17
 Re: EU NÃO SOU CACHORRO, NÃO
.


Enviado por Tópico
PROTEUS
Publicado: 22/02/2011 21:59  Atualizado: 22/02/2011 21:59
Colaborador
Usuário desde: 27/03/2010
Localidade:
Mensagens: 3609
 Re: EU NÃO SOU CACHORRO, NÃO
Há poemas que nos fazem pensar...Que jogo de palavras...