https://www.poetris.com/
 
Textos -> Surrealistas : 

MISTÉRIOS DA ZONA SALOIA

 
Tags:  animais    FENOMENOS  
 
Na zona saloia, arredores de Lisboa, existem ainda prados que escondem ainda certas coisas das mais exuberantes e misteriosas.
Por lá pastam vários animais, há pássaros para todo o lado e até há, vejam bem, passarões, e um deles até voou para Londres com o farnel para pode viver muitos anos sem ser incomodado.
Mas o maior fenómeno desta zona zona aconteceu este ano, já antes tinham acontecido milagres, mas este mistério é de bradar ao Céus, é natural até lá passeia Jesus.
E então, este ano não querem ver que havia uma Águia que dava as suas voltinhas, para animar a rapaziada mas esta Águia desapareceu.
Toda gente chora o seu desaparecimento.
Acabamos agora por saber que a razão da ausência, é que ela deu entrada numa maternidade para Águias, e não querem lá ver o fenómeno? A Águia deu à Luz uma vaca leitura que tem alimentado muitas esperanças.

E depois dizem os estrangeiros, que nós depois do Vasco da Gama nada fizemos de especial, então venham cá assistir a estes mistérios, nós que nem merecemos ter dois submarinos!

A vaca já foi baptizada: SLB ---- Só Leite Barato.
E como dizia um grande deste país, e esta hein?
A. da fonsecaOpen in new window


SOU COMO SOU E NÃO COMO OS OUTROS QUEIRAM QUE EU SEJA

Sociedade Portuguesa de Autores a Lisboa
AUTOR Nº 16430
http://sacavempoesia.blogspot.com em português
http://monplaisiramoi.eklablog.com. contos para as crianças de 3 à 103 ans
http://a...

 
Autor
Alberto da fonseca
 
Texto
Data
Leituras
544
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henricabilio
Publicado: 03/03/2011 00:45  Atualizado: 03/03/2011 00:45
Colaborador
Usuário desde: 02/04/2009
Localidade: Caldas da Rainha - Portugal
Mensagens: 6963
 Re: MISTÉRIOS DA ZONA SALOIA
Pois, pois...
Agora chame-lhe leiteira.
Deixai a águia voar.

Saudações!

Abilio