https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

SONHO COMUM

 
Tags:  sonho    comum    dormindo    vais  
 
Vais dormindo,
esse teu sonho esquelético,
que te sussurra
palavras sem valor fonético,
que te penetram
como volts num circuito eléctrico.

Manténs a luta interna
agindo sem pensar:
sonhas com a morte,
com uma mão terna,
dás por ti numa corte,
onde é que isto vai acabar ?

Digo-te...
Ninguém sonha sempre até ficar contente.

És mais um que sonhou demasiado
é normal, ficas-te entusiasmado.

Choraste e ris-te
com o que vis-te.
Acordas estremunhado
mais um sonho,
um presente errado.
Soltas um suspiro desafinado
fruto do teu ego agora irritado,
olhas para trás revoltado
e viras-te para o outro lado.

Depois de tudo o que te disse
Vais voltar a dormir, a sonhar?
Se pelo menos alguém te despisse
esse teu mau bamboliar
de sonho para sonho.

És só mais um...
Que sonhou demasiado...
É comum...
Ficas-te entusiasmado.
 
Autor
GDS
Autor
 
Texto
Data
Leituras
499
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.