https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Pecado Original (O Grito)

 
O mais lindo sonho eu pude sonhar,
E pude senti-lo transcender da minha mente
Em cada parte de seu corpo em que pude tocar,
Quando nos enroscávamos como serpentes...

A libido falava por mim com a voz da paixão,
E o que era paixão em momentos se tornou amor
E por esse amor eu tive a impressão
Que o vento soprava a meu favor...

Mas o vento mascarava os sinais
De suas rotas imprecisas e inexatas...
E por elas me perdi entre fulanos e tais,
Como um rei no xadrez de iconoclastas...

Não estou sendo exagerado,
Pois ainda existe na minha tez
O fogo de tê-la queimando ao meu lado,
Como se fosse a primeira vez...

E na boca os seus sentidos vitais,
De coração ímpio, mas tão latente
Que me fazia sempre pedir mais,
Como uma droga muito potente...

Fui viciado de você, e em ti presente
Foi um amor de forma fatal
Por você fui até inconseqüente,
Mas esbarrei no que não era real...

Mas eu lamento, eu grito
Ene vezes, pois não fora banal...
O nosso amor fora um estranho rito,
Mas o pecado não fora original...

 
Autor
marco_ramos
 
Texto
Data
Leituras
2989
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
29 pontos
1
2
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Egéria
Publicado: 25/03/2011 17:43  Atualizado: 25/03/2011 17:43
Da casa!
Usuário desde: 28/09/2009
Localidade:
Mensagens: 293
 Re: Pecado Original (O Grito)
Continue a gritar assim...!!
Beijo adorei.