https://www.poetris.com/
 
Mensagens -> Desabafo : 

A carta

 
Lágrimas deslizando pelo meu rosto
São como gotas de água,
Encharcando a calçada
Em direcção ao mar
Junto onde nasci,vivi.

Ao longe vejo o Sol a nascer
Trazendo uma luz de esperança,
de Paz, Amor, Carinho e tolerância.

Carinho que quero
Tolerância pelos meus actos,
Que me dê Amor sincero
Paz é aquilo que todos queremos
À espera que alguém diga
Uma palavra de conforto
Que estenda a mão e limpe o meu rosto
Que não nos ofenda
Não nos maltratem
Não nos agrida
Mentalmente.

Mais uma noite que passa
Sugando o meu sossego,
Sem dormir, a minha mente fica vazia
Algo me está a atormentar.

Não consigo parar de pensar
Sinto que estou a cair,
As minhas forças desvanecer
Não tenho vontade de viver.

Penso nela, ela vem, ela vai
Tentando levar-me para outro Mundo,
"Luto" contra ela mas não consigo
Ela tem um nome, chama-se:

MORTE!




 
Autor
MANUEL
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1657
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.